quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

10 Dicas para melhorar na sua empresa

A razão de ser de toda empresa privada é gerar lucro. E para que ao final do mês ela tenha sucesso em seu fluxo de caixa, ela precisa vender. Agora imagine se, depois de todo planejamento traçado, toda ação feita para conquistar o desejo de compra do cliente, falta o produto na hora de finalizar o processo? Serão gastos e mais gastos sem que haja qualquer resultado positivo

Resultado de imagem para compras da empresa
Por isso, a função de compras é de extrema importância em uma instituição. E se o processo de realizá-la não for eficiente, não for organizado, prejuízos virão com certeza – tanto em termos financeiros, quanto em retorno negativo de imagem. Pensando em todas estas questões, separamos para vocês 10 dicas que precisam ser colocadas em prática imediatamente para melhorar a gestão de compras na sua instituição. Comece a praticá-las já!

Melhore a Gestão de Compras com essas dicas:

1 – Faça um Diagnóstico
Reúna os responsáveis pelo setor de compras e trace um diagnóstico de toda a cadeia de suprimentos. Verifique os pontos fortes e fracos, as ameaças e as oportunidades de melhorias na produtividade, nos custos, nos fornecimentos, no tempo e no desempenho das funções de cada colaborador deste setor. Procure empresas especializadas em consultoria e programas para auxiliá-los na identificação deste cenário e na proposição de melhoramentos.

2 – Plano de Ação
Descobertas as ações concretas e as que ainda precisam ser lapidadas, faça um planejamento estratégico delineando os passos que serão colocados em prática para melhorar o desempenho do setor de compras. É importante que haja coerência entre os pontos observados e as possibilidades de melhorias. Se vocês identificaram que um fornecedor tem um histórico de atrasos na entrega ou que as condições de pagamento não são as mais adequadas, procure outro. Se esta opção não for possível, convide-o a melhorar os próprios processos para que ele também possa atender bem a seus clientes.

3 – Faça um Benchmarking
Benchmarking é uma metodologia utilizada por empresas no mundo todo para aumento da qualidade de seus processos de gestão por meio de análises contínuas de práticas, produtos, serviços e técnicas realizadas por outras organizações reconhecidas por serem as melhores. Identifique casos de sucessos na área de Gestão de Compras, compare com o que é feito hoje e agregue estes conhecimentos em seu plano de ação.

4 – Gestão de Fornecedores
Identifique, liste, cadastre e avalie os fornecedores de sua empresa. Utilize os benefícios de ferramentas tecnológicas para padronizar, organizar e facilitar a gestão das informações. Não se esqueça de atualizar estes dados sempre.

5 – Gestão de Requisições
Otimize os processos de receber, efetivar e gerenciar as requisições de compras feitas pelos funcionários de sua empresa. E para obter melhores resultados, e ter maior controle e eficiência, automatize as solicitações.

6 – Gestão de Cotações
Ganha-se não somente com as vendas, mas também com a utilização correta dos recursos da organização e com a busca de melhores preços para a compra de produtos e serviços demandados por ela. Busque os melhores preços por meio de cotações e compare as propostas buscando o melhor custo total de aquisição.

7 – Gestão de Pedidos
Organize os pedidos de compras e fique atento a tudo o que tem no estoque e o que precisa ser solicitado. Acompanhe todas as etapas de seu pedido até o recebimento do produto.

8 – Gerencie o Pagamento
Após receber os produtos solicitados, é importante que sua empresa controle as datas dos pagamentos para continuar a obter os melhores serviços. Mantenha um canal de comunicação aberto para informações sobre recebimento de faturas e quitações.

9 – Capacite seus Funcionários
É importante que todos os envolvidos no processo de compras estejam com as estratégias claras para que todo o ciclo de funcionamento de sua organização seja cumprido da melhor forma. Realize treinamentos com seus funcionários para que eles possam aplicar no dia a dia todas as estratégias traçadas.

10 – Analise os Resultados
Não adianta identificar todos os processos, propor melhorias e praticá-los se os resultados não forem analisados. Verifique se, após todas as mudanças feitas, tudo está como o esperado. Lembre-se sempre que este processo não é estático, portanto, ele precisa ser constantemente acompanhado, e as alterações, postas em ação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana