segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Coordenada por Izalci, bancada federal consegue mais de R$ 380 milhões para o DF

Brasília receberá mais de R$ 380 milhões em recursos para 2017. O valor é a soma das Emendas ao Orçamento que a Bancada do Distrito Federal no Congresso Nacional destinou para a Capital no próximo ano, e que foi aprovado no Plenário na noite da última quinta-feira (15)

Resultado de imagem para recanto das emas viaduto
Durante as reuniões da Bancada, o coordenador, deputado federal Izalci (PSDB-DF), lembrou que desde 2009 os pedidos de recursos feitos pela Bancada não foram repassados pelo governo, mas acredita que no próximo ano os resultados serão positivos. “Vamos trabalhar para que em 2017 tenhamos nossas emendas liberadas e assim ajudar o DF a voltar a crescer e ter obras”, disse Izalci.

Do total de recursos das emendas, mais de R$ 130 milhões vão para a Saúde Pública. Parte do valor será destinada à reforma e modernização das caldeiras 15 hospitais regionais, entre eles o Hospital de Base do DF (HBDF) e Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB).

Além da Saúde, outras grandes áreas também serão contempladas. A Mobilidade Urbana receberá mais de R$ 38 milhões que serão distribuídos em duas obras. Uma será a duplicação do Trecho Rodoviário que liga Paranoá ao Itapoã, na DF-250 e outra a construção do viaduto, na DF-001, que dá acesso ao Recanto das Emas.

Na Educação as emendas, que somam mais de R$ 110 milhões, são para a construção de 10 Escolas Classes nas cidades: Brazlândia, Planaltina, Recanto das Emas, Samambaia, Santa Maria, Itapoã, Ceilândia e Taguatinga. Além, também, de melhorias nas instalações do Campus Darcy Ribeiro da Universidade de Brasília (UnB).

Para a Segurança Pública será destinado R$ 12 milhões em recursos para a modernização de instituições de segurança pública e a construção de uma nova sede para o Instituto Médico Legal (IML). Além desses valores, mais de R$ 80 milhões serão para obras do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana