quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Reforma no terminal rodoviário do Setor M Norte beneficiará 46 mil pessoas

Estação em Taguatinga foi reinaugurada nesta quinta-feira (1º). Empresas de ônibus vão operar com 30 linhas e 100 veículos

Após passar por reforma, o terminal rodoviário do Setor M Norte, em Taguatinga, foi entregue de volta à população nesta quinta-feira (1º). Foto: Dênio Simões.
Após passar por reforma, o terminal rodoviário do Setor M Norte, em Taguatinga, foi entregue de volta à população nesta quinta-feira (1º). Com a reinauguração, a estimativa é que 46 mil pessoas sejam beneficiadas diariamente. As empresas de ônibus vão operar com 30 linhas e 100 veículos. Entre os principais destinos estão Lago Sul, Núcleo Bandeirante, Rodoviária do Plano Piloto, Sudoeste e W3 Sul e Norte.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, reinaugurou a estação na manhã de hoje, na QNM 43, Área Especial 3, e ressaltou que essa é 13ª entregue desde o ano passado, entre novas e reformadas. “São obras importantes para dar conforto, segurança, aos usuários do transporte coletivo na nossa cidade.”

Reformado, o terminal conta com seis plataformas, 30 pontos de estocagem, banheiros com acessibilidade, lanchonete e nove salas administrativas. Foram investidos R$ 3.541.548,54 em obras que integram o Programa de Transporte Urbano do Circula Brasília. Os recursos são de contrato de empréstimo firmado entre o governo do Distrito Federal e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
R$ 3,54 milhõesInvestimento na reforma do terminal rodoviário do Setor M Norte, em Taguatinga

Presente na cerimônia, o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, destacou benefícios não só para os passageiros. “Isso [a reforma] permite ter mais linhas, integração e conforto, inclusive para motoristas e cobradores. É muito importante dentro do processo que estamos fazendo de melhoria do transporte coletivo, por meio do Circula Brasília.” O diretor-geral do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Léo Cruz, também salientou o empenho do governo em aprimorar a mobilidade urbana local. “Com essas ações, acreditamos que a qualidade de vida da população certamente vai melhorar muito”, resumiu.

A unidade em Taguatinga é a nona finalizada em 2016. Além dela, foram reformadas ou construídas as plataformas do P Sul, do Guará I e do Guará II, do Paranoá, do Recanto das Emas (duas estações), do Cruzeiro e de Taguatinga Sul. Em 2015, houve quatro inaugurações: CeilândiaGamaRiacho Fundo II e Sobradinho II.

Também participaram da solenidade o secretário das Cidades, Marcos Dantas, e o administrador regional de Taguatinga, Ricardo Lustosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana