segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Turismo Cívico vai aproximar crianças, adolescentes e idosos da história da capital do País

Projeto lançado nesta segunda-feira (12) promoverá, semanalmente, excursões guiadas para as principais atrações cívicas da cidade

Ana Moreno representou os alunos da Escola Classe 1 Incra 8, de Brazlândia, na solenidade de lançamento do projeto Turismo Cívico. Foto: Gabriel Jabur.
Alunos do quarto ano do ensino fundamental da rede pública, estudantes dos centros olímpicos e crianças, adolescentes e idosos dos centros de convivência e fortalecimento de vínculos vão visitar as principais atrações cívicas da cidade. Eles farão excursões guiadas para pontos como a Praça dos Três Poderes, o Congresso Nacional, o Memorial JK e o Museu da Imprensa. O lançamento do projeto Turismo Cívico ocorreu nesta segunda-feira (12), no mezanino da Torre de TV.

A iniciativa visa consolidar o turismo cívico em Brasília e promover a educação patrimonial, medida para conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação do contexto histórico, cultural e turístico da cidade. As excursões ocorrerão semanalmente, às segundas, terças e quartas-feiras, pela manhã e pela tarde.

A iniciativa é uma parceria da Secretaria adjunta de Turismo com outros órgãos do governo. Assinaram o termo de cooperação para oficializar o projeto o secretário adjunto do Turismo, Jaime Recena; o chefe da Casa Militar, coronel Cláudio Ribas; o diretor-presidente da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB), Carlos Artur Hauschild; o secretário de Educação, Júlio Gregório Filho; o secretário de Cultura, Guilherme Reis; e o secretário do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Gutemberg Gomes.
“Muitas crianças que moram em outras regiões administrativas só conhecem o centro de Brasília pelos livros da escola”Jaime Recena, secretário adjunto do Turismo

Chefe da unidade responsável pela iniciativa, Jaime Recena observou que, apesar da abertura oficial hoje, os trabalhos ocorrem desde maio. “Muitas crianças que moram em outras regiões administrativas só conhecem o centro de Brasília pelos livros da escola”, disse. “Queremos mostrar para elas o que é esta cidade, a maior construção do último século.” Em sete meses de visitações, foram atendidas cerca de 1,5 mil crianças.
Turismo Cívico é parte do Brasília Cidadã

A aluna da Escola Classe 1 Incra 8, de Brazlândia, Ana Moreno, também assinou o papel de maneira informal, como testemunha. “É emocionante conhecer melhor a cidade, não é comum virmos para cá”, sintetizou a representante da turma que participou da solenidade. A linha de pensamento da garota foi compartilhada pelo chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio. “Esse projeto serve para aproximar as pessoas da história de Brasília e tem potencial para transformar nossa sociedade”, afirmou.
“É emocionante conhecer melhor a cidade, não é comum virmos para cá”Ana Moreno, aluna da Escola Classe 1 Incra 8, de Brazlândia

Pelo fator de conscientização das pessoas e de ensinar a importância do patrimônio da cidade, o Turismo Cívico integra as atividades do Brasília Cidadã. Presente na cerimônia de assinatura, a colaboradora do governo de Brasília Márcia Rollemberg citou da atuação do hoje governador Rodrigo Rollemberg quando foi secretário de Turismo. “O Jaime [Recena] revitalizou um projeto do [governador] Rodrigo [Rollemberg], na época em que os monumentos ficavam com as portas fechadas. Tenho acompanhado as turmas bem de perto, pois vai ao encontro do Brasília Cidadã, das crianças entenderem que a cidade também é delas”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana