segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

10 Motivos que me fazem querer Doria como Presidente do Brasil

Em primeiro lugar, quero dizer que acompanho de perto o trabalho do prefeito de São Paulo João Doria Jr. desde que se lançou a candidato. Ouvi e assisti a diversos debates, notícias, entrevistas e sigo também sua página no Facebook onde vejo cada nova atualização.

Mas, se eu moro em Curitiba, da onde veio tanto interesse? De um sonho antigo… o sonho de ver como seria um gestor na política. Eu sempre acreditei que o modelo empresarial moderno, que é de longe o mais eficiente, deveria ser a norma no Governo…

Aí chegou o dia da posse… campanha é uma coisa, governo é outra.

E qual foi o resultado até o momento?


1) Pichações

Quando fui a São Paulo em dezembro, fiquei em um hotel de frente para a Ponte Estaiada, que estava toda pichada. Eu estava em um evento onde havia várias autoridades internacionais e eu me colocava a pensar: “Que imagem essas pessoas terão do Brasil, de São Paulo, que permite que o seu cartão postal esteja todo pichado? Isso reflete uma imagem de releixo com a cidade.

Doria, logo no início, com ajuda de alpinistas, limpou a ponte e colocou um sistema de vigilância com sensor e comunicando 24 horas por dia com a guarda-municipal para que ela não volte a ser vandalizada. O valor total da restauração, 900 mil reais, foi totalmente custeado pelo setor privado.

Teve na Câmara sua primeira vitória com o endurecimento da punição à pichadores.

E se tiver alguém aqui que tenha um bom argumento para defender os pichadores (que tinham até representante na Câmara) por favor me fale porque tudo que ouvi até agora em defesa da pichação me pareceu totalmente absurdo.

Tudo bem que o Grafite é diferente. Grafiteiro faz sua arte em locais autorizados e determinados para isso. Pichador suja a cidade.

O fato é… Os cidadãos têm o direito de terem seus monumentos históricos preservados. O proprietário tem o direito de ter seu muro limpo, sua casa bonita, arrumada.


2) Corujão da Saúde

Havia 450 mil pessoas à espera de exames médicos em São Paulo, às vezes por mais de 18 meses! Ele conseguiu, em apenas 30 dias liberar 150 mil exames e vai zerar a fila até o terceiro mês, algo que há anos ninguém conseguia fazer. Ainda, os pacientes foram atendidos nos melhores hospitais do país: Sírio Libanês, Albert Einstein, Oswaldo Cruz… gratuitamente e sem custo para a Prefeitura. Em outros casos, como no HCor, o preço pago foi apenas o da tabela SUS.

O Programa Corujão da Saúde foi desacreditado por diversos “especialistas” que estavam certos do seu total fracasso mas acabou sendo a maior vitória de Doria até o momento.


3) Farmácias

Mudança logística na distribuição de medicamentos. Atualmente, por ineficiência, mais de 10% dos remédios são desperdiçados, são mais de 150 milhões de reais de prejuízo todos os anos. Agora, em vez dos remédios estarem nos postos de saúde e com distribuição pela prefeitura, eles utilizarão a capilaridade das farmácias de rede (mais de 3 mil em São Paulo) e a logística das empresas que já atendem esses estabelecimentos para distribuir os remédios e fazê-los chegar à população mais distante. Com a economia, o dinheiro será revertido na compra de mais medicamentos.


4) Parcerias

Em tempos de crise financeira, fechou diversas parcerias com o setor privado (mais de 100 empresas) que trouxeram benefícios à população a custo zero para os cofres públicos. Aí você pode perguntar: “Mas você acha que a empresa colabora sem nenhuma contrapartida mesmo?” ao que eu respondo: “Sim.”. Empresas sempre investem pesado em branding, em melhorar sua imagem, em ganhar visibilidade… Então, por que não canalizar esse recurso para melhorias públicas?


5) Trabalho

Ele trabalha! É incansável. Faz visita surpresa. A equipe dele não tem moleza. Reuniões pontualmente às 7h30 da manhã, ações todos os sábados e domingos e diz que vai ser assim até o final. Ele está pegando todo esse pique de executivo que trabalha 14 horas por dia e está levando à prefeitura. Aliás, coitado dos outros prefeitos, pois a partir de agora o Doria é o novo benchmark… que comecem a se mexer também.


6) Facebook

Você pode até dizer: “esse exibicionismo todo no Facebook é só marketing” – e é claro que há o benefício do marketing que ele colhe também e aliás usa isso de forma muito inteligente – mas o ponto mais importante aqui é outro. Você prefere ter um Prefeito que lhe presta contas diariamente do trabalho que fez ou aquele que só aparece em época de campanha?

Isso é algo novo… A mídia social hoje possibilita que você acompanhe de perto o dia a dia do político. Com isso todos ganham. A população consegue monitorar quem elegeu e o político por sua vez fica com a pressão e a responsabilidade de estar sendo observado e mostrar o que faz a todo instante.

A propósito, você sabe o que o seu prefeito faz todos os dias? Qual foi a última vez que ele falou diretamente a você cidadão?

Sabe… Fico imaginando também essa pessoa que está sempre ao lado dele filmando etc. o que esta pessoa não deve estar ralando de trabalhar, mas ao mesmo tempo tendo um aprendizado único.

A equipe do Facebook é impressionante também. A grande maioria das milhares de perguntas e comentários que chegam diariamente é respondida de maneira profissional, educada, passando o tom do Doria. Como você treina e capacita uma equipe a falar em seu nome, sem errar no discurso, em um volume tão grande?


7) Pagamento aos Professores

Remanejou 438 milhões que seriam utilizados em obras para o cobrir o rombo e não deixar os professores sem pagamento integral, contemplando o aumento salarial negociado pela antiga gestão e que não havia sido incluído no orçamento elaborado para este ano.

Mesmo assim, evita criticar e fala com muito respeito do seu antecessor Fernando Haddad.


8) Trabalho Novo

Um programa para tirar pessoas da rua dando a oportunidade de ingressar no trabalho. São 4.500 vagas em negociação. Mais uma vez por meio de parcerias com diversas empresas como McDonald’s e Unilever.


9) Tarifa de Ônibus

Não aumentou a tarifa do ônibus (3,80) e disse que ficará assim em 2017 com o argumento central: “São Paulo tem mais de 2 milhões de desempregados! As pessoas não podem pagar…”


10) Investimentos do Oriente Médio

Está nesse momento em Doha, no Qatar, após ter passado por Dubai e Abu Dhabi, para trazer recursos de alguns dos maiores fundos de investimentos do mundo para a cidade de São Paulo. Palestrou em diversos fóruns de autoridades mundiais – em inglês impecável a propósito – e vendeu a imagem de “São Paulo Cidade do Mundo” aos participantes.

Além disso, esteve lá para ver por que o circuito de Fórmula 1 Yas Marina tem eventos constantes, hotel, comércio e gera lucro 365 dias por ano enquanto Interlagos é um elefante branco que dá prejuízo contínuo.


E foram só 46 Dias de Prefeitura…

Tudo isso foi em apenas 46 dias como prefeito de São Paulo. É claro que é muito cedo para saber se esse sucesso todo continuará e se esse ritmo é sustentável. Mas independentemente do que aconteça no futuro, a gestão do Doria em São Paulo é a visão do sonho que sempre tive: ver o modelo moderno e eficiente de gestão empresarial comandando a política.

Doria Presidente? Dadas as alternativas que temos, eu não pensaria duas vezes…

Texto do amigo Paulo Machado de Curitiba.

Um comentário:

  1. por isso acho prudente aguardar ...são só 46 dias de Prefeitura...vms parar com esta ejaculação precoce e começarmos a evoluir como cidadão...parar de se deixar manipular facilmente por MBLs...Vem Pra Rua...revoltados on Line...vms pensar por nós mesmos??? Que tal ???? Se realmente ele for tão bom não vai precisar de tanta propaganda ... o povo vai sentir na pele os benefícios de uma boa gestão...simples...

    ResponderExcluir

Melhores da semana