sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Ao filiar 33 lideranças, Caiado diz que projeto para 2018 é disputar eleição em Goiás

O presidente regional do Democratas, Ronaldo Caiado, reuniu nesta segunda-feira (30/01) a executiva estadual do partido e reafirmou o seu projeto de concorrer em 2018 às eleições para o governo estadual


Aos filiados que estiveram na sede para homologar os novos nomes da executiva e estabelecer as metas para 2017, o parlamentar refutou a hipótese de desistir da disputa em prol de uma candidatura à Presidência e frisou que confia que o Democratas irá fortalecer a aliança com o PMDB iniciada em 2014.


Desde que assumiu cadeira no Senado, Ronaldo Caiado tem se destacado nacionalmente por sua atuação em momentos cruciais da democracia brasileira, como o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e votações de projetos como a PEC dos Gastos Públicos. O seu protagonismo acabou fortalecendo seu nome para uma possível disputa ao Palácio do Planalto. Contudo, Ronaldo Caiado nunca deixou de alertar que só aceitaria o desafio mediante uma eleição extemporânea.

“Me elegeram no Senado para me posicionar sobre os temas nacionais e mostrar o que Goiás pensa. Estive nas grandes mobilizações nacionais e o nome de Goiás repercutiu. Com isso passei a ser cogitado para a Presidência. Mas muitos têm colocado maldosamente que quero ser candidato ao Planalto em 2018, para criar um clima de que se não der certo Goiás seria minha segunda opção. Vejam a armação que estão montando”, lamentou.

Segundo o democrata, uma eleição presidencial só se viabilizaria na hipótese de o Tribunal Superior Eleitoral cassar a chapa da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e de seu vice na época, o hoje presidente Michel Temer. “Não quero que paire nenhuma dúvida sobre isso”, afirmou aos filiados.

Ronaldo Caiado aproveitou para informar que a partir do dia 13 de fevereiro irá intensificar a agenda de reuniões do partido na sede e também viajar pelo interior do Estado levando o projeto do Democratas. “Vamos fortalecer nosso contato também na Assembleia, nas Câmaras, no Ministério Público, tribunais e em todos os lugares onde possamos ouvir o que nos trazem sobre as principais demandas de Goiás ”, disse.

DEM e PMDB
O líder da sigla lembrou que a batalha até 2018 é longa e envolve a definição de alianças para que ele possa alcançar melhor tempo no rádio e na televisão. Para ele, a manutenção da aliança com o PMDB é prioridade.

“Tenho muito respeito pelo PMDB. Acredito que cada partido tem o direito de lançar o seu candidato, assim como nós também temos. Vou trabalhar até o último minuto para estar com o PMDB em 2018. Acredito que o nome de consenso será aquele que atender o anseio da população. Estaremos juntos”, afirmou.

Fortalecimento
O encontro desta segunda-feira foi prestigiado por vários prefeitos do interior, como Jaime Ricardo (Ouro Verde), Barretinho (Nova Crixás), Tiago Pedra Grande (Faina), Marcos Cabral (Santa Terezinha) e João Pena (Rio Quente), além do presidente metropolitano do Democratas, o vereador Paulo Daher. Lideranças também fizeram questão de comparecer e ajudar as estabelecer as diretrizes do partido.

Em seu discurso, todos reforçaram o apoio para que Ronaldo Caiado tenha condições de entrar na disputa em 2018. Um deles foi o prefeito de Ouro Verde. “Tudo que fiz em Ouro Verde foi graças ao apoio que sempre tive do senador. Recentemente fomos juntos até o ministro da Educação pedir verbas para a cidade. É uma imensa satisfação pertencer ao Democratas, onde tanto aprendi sobre fidelidade e gratidão”, comemorou Jaime Ricardo.

Marcos Cabral destacou que é preciso que as lideranças se uniam em torno de um projeto para Goiás. “Caiado é um homem que tem projeto para o nosso Estado, por isso peço que ele seja candidato e ajude e levantar a bandeira da saúde e infraestrutura”, disse.

O momento também foi de trazer novos nomes para as fileiras do partido, como os produtores do cenário musical Marcos Freitas e Lucas Freitas. Ao todo quase 33 novas filiações. Uma delas foi a do delegado da Polícia Federal Franklin Medeiros, cuja família sempre esteve ligada ao partido no Tocantins.

“Me identifico com a corrente ideológica do partido em todos os sentidos. E hoje, Ronaldo Caiado é uma das maiores lideranças do Estado, que está há anos na vida pública sem que nada o desabone”, disse.

O vereador Paulo Daher, que levou vários dos novos filiados no evento, disse ter a certeza que o trabalho do Democratas está fortalecido. “A militância está pronta para ir às ruas gritar o nome do senhor”, garantiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana