quarta-feira, 10 de maio de 2017

Delações da OAS tiram o sono de Marconi Perillo e palacianos

O projeto do governador Marconi Perillo (PSDB) de perpetuar o seu grupo no político no poder deve receber nos próximos dias a última pá de cal. Isso porque a expectativa é de que seja divulgado o conteúdo do depoimento do empresário Léo Pinheiro, sócio da OAS, no processo da Operação Lava Jato


Dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que Marconi Perillo recebeu da OAS na última campanha ao governo o equivalente a R$ 500 mil. Foi a mesma campanha em que o tucano recebeu várias doações da Odebrecht, sendo R$ 8 milhões por via de caixa 2, segundo delatores.

Matéria publicada pela Folha de S. Paulo no ano passado mostrou que Marconi Perillo foi o sexto governador mais beneficiado no Brasil com empresas investigadas pela Lava Jato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana