quinta-feira, 11 de maio de 2017

Delmasso apresenta soluções para crise hídrica em discurso no plenário

Em discurso na sessão plenária, na Câmara Legislativa, o deputado Delmasso (Podemos), falou sobre a crise hídrica vivida pelo Distrito Federal e deu algumas soluções para que a capital federal saia dessa situação delicada em que vive

O parlamentar disse que os gestores dos recursos hídricos do DF precisam ter atenção, pois os níveis da nossa maior fonte de água, a Barragem do Descoberto, está operando com 55.9% do nível de água.

“Nós estamos entrando em um período de seca, no mesmo período do ano passado a barragem estava em 100%. Esse é o período mais crítico no que se refere aos recursos hídricos do DF e estamos com a metade da capacidade da água da barragem do Descoberto”, disse o deputado, que ainda lembrou que governo recentemente assinou um contrato para fazer capitação emergencial de água do Lago Paranoá.

Delmasso apresentou em plenário um relatório que continha algumas ideias de sucesso que poderiam ser usadas no DF. “Quem conhece Israel sabe que é um país extremamente arenoso, mas é um país que não vive um problema hídrico porque lá eles têm algumas tecnologias diferenciadas de captação de água”, completou.

Existe também a capitação de água que é feita de forma profunda próxima ao deserto de Jerusalém e Tel Aviv, um modelo considerado extremamente interessante para um país cujo a água é escassa. Ainda falando sobre Israel, o governo local faz eficiente campanha dentro das escolas em relação ao uso racional de água, começando já nas classes de ensino fundamental.

Outra sugestão trazida agora da cidade de Vancouver, no Canadá, é uma mudança na legislação que obrigue as novas construções a terem o que lá se chama de “construções sustentáveis”, ou seja, que ela seja autossuficiente em capitação de água da chuva e energia solar.

Nós vivemos em um país que tem abundância de recursos hídricos. O Brasil é considerado o berço das águas do mundo, mas estamos estagnados em uma crise. “Temos em Brasília, na região de Planaltina, a estação de águas emendadas, temos uma grande abundância de recursos hídricos subterrâneos aqui no DF e não sabemos explicar porque vivemos essa crise”, terminou o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana