segunda-feira, 8 de maio de 2017

Entrevista com Alírio Neto

O suplente de deputado federal e presidente do PTB do DF conversou com a Coluna On´s e Off´s, falou sobre os rumos da direita nas Eleições de 2018, se colocou a disposição do grupo como pré-candidato ao Governo e teme a vaidade de quem tem projetos pessoais e não em prol da cidade

“Queremos resgatar o Distrito Federal”, afirma Alírio

Você acredita que a direita conseguirá seguir unida numa mesma aliança em 2018?

Nos últimos dois anos eu tenho me reunido com Fraga, Izalci, Filipelli, Hélio José, Eliana Pedrosa e Frejat em torno de um projeto para resgatar Brasília. Fechamos um acordo que aquele que tiver as melhores condições incluindo intenção de voto, rejeição e condições de alianças será o candidato do grupo.

Como você avalia a falta de acompanhamento e fiscalização por parte do eleitor em relação aos políticos?

Nosso sistema democrático é o melhor, nós não temos ninguém com mandato que não tenha sido eleito. A falta de participação, a negação e a criminalização da política esta levando as pessoas a rejeitarem a política. Vejo campanhas contra o voto e entendo que seja o contrário, quanto mais às pessoas não participarem, piores governos nós vamos ter. E é exatamente o contrário, nós temos que participar mais e acompanhar.

Para você qual será a importância das redes sociais na próxima eleição?

O ideal é que as campanhas fossem 100% feitas nas redes sociais e mais econômico e racional. Eu acredito que nas eleições de 2018, cerca de 70% da campanha será feita através das redes sociais e a tendência é que isso cresça e chegue até próximo dos 100%.

Fonte: Blog do Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana