quinta-feira, 22 de junho de 2017

Artigo: Eleições gerais em 2018 e com mandato de 5 anos para todos

Com a operação Lava-Jato estamos passando parte da corrupção e dos políticos á limpo, com isso defendo eleições gerais para todos os níveis em 2018 e um mandato de 05 anos para todos os eleitos

Resultado de imagem para ELEIÇOES GERAIS
A grande maioria das nossas autoridades, perderam o respeito do povo e também autoridade. Infelizmente, todos os poderes da nossa nação estão desacreditados. Uns mais outros menos, porém, todos estão infectados. 

Algumas instituições ainda escapam e estão funcionando bem, por isso, o Brasil não está parado. Os poderes Executivo e Legislativo, estão um caos e sem a menor credibilidade. O Ministério Público é o Poder Judiciário tem total respeito e credibilidade de nós brasileiros. 

A maioria esmagadora do povo brasileiro não merece isso, pois, o povo brasileiro, é um povo trabalhador, alegre, receptivo e forte. Esta mudança no calendário eleitoral é absolutamente necessária diante da gravidade da situação, e nestes momentos de grave crise econômica e política, mais do que nunca, é o povo quem deve ter a palavra final e fazer uma total mudança de rumos desse país.

Está em discussão no Congresso Nacional uma Proposta de Emenda à Constituição que visa antecipar o fim dos atuais mandatos de deputados, senadores, governadores 

Assim, só a resta a apresentação desta Proposta de Emenda à Constituição para que se-antecipe as eleições, dentro do Estado Democrático de Direito, para dar novo fôlego à nação e tira-la dessa crise abissal, possibilitando a escolha dos novos dirigentes

O Brasil vive a mais profunda crise política, ética, moral e econômica. Temos que tomar alguma atitude e com essa ideia de eleições gerais, os atuais detentores de mandatos terão que abrir mão de seus cargos para passarem novamente pelo crivo da população, assim é a forma de renovar e limpar o país da corrupção. 

A proposta que apresento neste momento crucial para os rumos do país com as instituições assumindo a responsabilidade de propor que as eleições municipais de 2016 se transformem em eleições gerais para renovar todos os parlamentos e o Poder Executivo. Eleições sem financiamento privado, conforme decidido pelo STF, e com direitos iguais para todos os candidatos. 

Dessa forma defendo eleições gerais para todos os níveis em 2018 e um mandato de 05 anos para todos os eleitos.

 
Paulo Roberto Melo é Jornalista, Administrador de Empresas e Coordenador do MNB – Movimento Novo Brasil - http://movimentonovobrasill.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana