sexta-feira, 14 de julho de 2017

Marconi anuncia aditivos de mais de R$ 220 milhões para OSs

A farra das organizações sociais com dinheiro público na gestão de Marconi Perillo (PSDB) tem mais um capítulo

Nesta quinta-feira (6), a coluna Giro, do jornal O Popular, revelou que o Instituto Gerir e a Associação Pró-Saúde vão receber R$ 215,8 milhões e R$ 9,8 milhões para novos contratos que devem durar oito e três meses, respectivamente.

O Instituto Gerir administra o Hugo, enquanto a Pró-Saúde gerencia o Hurso, em Santa Helena. Os aditivos são a prova de que o compromisso de Marconi não é com as demandas da população, que sofre com o atendimento seletivo das OSs nas unidades de saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana