sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Guarda Jânio pede cassação de Liliane Roriz

O suplente da deputada Liliane Roriz (PTB), Jânio Farias Marques, o Guarda Jânio (PRTB), protocolou na segunda-feira (21), na Câmara Legislativa, representação com pedido de perda do mandato por quebra de decoro parlamentar contra a distrital


No documento, Guarda Jânio argumenta que Liliane possui duas condenações pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por crime de falsidade ideológica e corrupção ativa eleitoral. No entanto, nos dois casos ainda cabem recursos em instâncias superiores. Outro argumento apontado é uma investigação da Polícia Civil que apura se a deputada é dona de uma empresa fantasma “que teria a finalidade de lavar dinheiro”.

A Mesa Diretora da CLDF vai avaliar se a representação será arquivada ou remetida para a Procuradoria da Casa, responsável pela análise dos aspectos formais da documentação apresentada. Em caso de admissibilidade, o pedido retorna à Mesa, que deverá decidir se a solicitação será encaminhada ou não à Corregedoria da Câmara.

Policial militar, Jânio recebeu 14.939 votos na campanha de 2014. Por sua vez, Liliane Roriz foi eleita com 16.745 votos – 12% a mais que o suplente, que assumiria o lugar da titular no caso de eventual perda de mandato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana