sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Juarezão cobra medidas para resolver crise hídrica em Brazlândia

Preocupado com a falta de água em Brazlândia, o deputado distrital Juarezão (PSB) esteve com o presidente da Caesb, Maurício Luduvice, que alertou para uma situação que vem comprometendo o abastecimento hídrico: a captação irregular na região acima do Barrocão

“É preciso eliminar este problema, que compromete os recursos para a coletividade”, defendeu. Luduvice disse ainda que são a Adasa e a Secretaria de Agricultura os órgãos competentes para realizar a fiscalização das propriedades rurais, com o objetivo de evitar que sistemas de irrigação irregulares comprometam o abastecimento em outras áreas.

Para prevenir situações como esta no futuro, a Caesb submeteu às área técnica estudos para instalar reservatórios adicionais na região de Brazlândia, a pedido do distrital. Luduvice informou que a equipe técnica já está estudando as possibilidades de criar novos poços artesianos para atender a população, bem como realizar a captação da barragem do Descoberto.

Juarezão apresentou um projeto (que já virou lei) pelo qual o GDF fica obrigado, por meio da Caesb, a aplicar 5% de todo o recurso obtido com a comercialização da água captada em Brazlândia na própria cidade. É o PL 102/2015, que deu origem à lei distrital n. 5742/2016. Esses recursos serão direcionados, exclusivamente, para saneamento, abastecimento, drenagem pluvial, coleta, tratamento e disposição de esgoto.

Além disso, o deputado destinou Emenda Parlamentar no valor de R$ 400 mil para Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do Distrito Federal, para a aquisição de fossas sépticas e canais de irrigação rural para serem implantados região de Brazlândia.

Já foram beneficiadas diversas regiões, como o córrego Córrego Olaria, que já foi entregue, na primeira fase das obras. Na segunda fase, foram entregues os canais da região do Olaria-Pulador. Por fim, a SEAGRI utilizou os recursos remanescentes para implantar os canais de tubulação dos córregos Guariroba e Cristal. Esses canais ajudam a evitar a perda hídrica por infiltração e evapotranspiração, que pode chegar a 60% de perda em períodos de seca.

A medida é uma das frentes de ação destinadas a assegurar o abastecimento de água à população do Distrito Federal, em especial durante o período de estiagem. A revitalização já surte efeitos no Descoberto, que abastece grande parte das residências do DF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana