sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Qual a importância do tempo na estratégia de marketing digital?

Não é novidade para ninguém que o marketing digital proporciona inúmeros benefícios para as empresas, certo? O detalhe é que, por mais uma rápida busca on-line já revele a existência de diversos cases de sucesso, muitos ainda se frustram por não obterem os resultados desejados tão logo iniciam uma estratégia de marketing digital

Resultado de imagem para marketing digital
Acredite: essa situação é bem mais comum do que você pode imaginar. Às vezes, esse cenário se instala porque o empresário decide fazer tudo por conta própria, sem qualquer planejamento, ou até por uma falha de comunicação entre agência e cliente. Precisamos deixar claro: a maioria das ações de marketing costuma dar resultados a médio e longo prazos, desde que, para isso, a estratégia seja contínua.

Neste post, mostraremos como planejar uma estratégia de marketing digital e qual a importância do tempo para a consolidação dos resultados desejados. Continue lendo e confira.

Como iniciar uma estratégia de marketing digital?

Antes de começar qualquer projeto, é preciso ter um objetivo. E com o marketing digital não seria diferente. Pense sobre o que você quer alcançar: trazer mais visitantes para o site, fortalecer sua marca, aumentar a base de contatos qualificados? Entenda: se você não sabe aonde quer chegar, obviamente não chegará a lugar algum.

É importante colocar tudo na ponta do lápis. E isso inclui tanto o objetivo em si quanto o tempo estimado para alcançá-lo. Só assim será possível definir os meios mais apropriados para a execução da estratégia. Na prática, você até pode ter mais de um objetivo, desde que consiga fazer tudo o que foi planejado.

Com o objetivo devidamente estabelecido, foque no seu público-alvo a fim de criar formas para falar justamente o que sua audiência quer e precisa ouvir. A melhor forma de fazer isso é criando uma persona — personagem semifictício baseado em pesquisas que representa seu cliente ideal. Para sua construção, é essencial incluir diversas informações, como:
nome;
idade;
gênero;
interesses;
objetivos;
desafios.

A partir da descrição da persona, é possível pensar na linguagem e na abordagem mais adequadas, bem como direcionar suas ações de maneira efetiva e descobrir os melhores canais de comunicação. Pode confiar: isso já facilita bastante seu trabalho.

Por fim, será necessário montar um cronograma com todas as suas ações e, claro, segui-lo à risca. Com esse suporte, fica bem mais fácil se orientar em meio a tantos canais de divulgação e tantos conteúdos a serem produzidos.
Que ações implementar a médio e longo prazos?
Anúncios patrocinados

Em tese, os anúncios patrocinados podem dar resultados desde o primeiro momento em que são publicados. No caso do Google AdWords, após colocar a campanha no ar, os usuários interessados clicam no link e você recebe tráfego em seu site.

Mas atenção: isso não significa necessariamente que os visitantes serão convertidos em leads ou clientes. A conversão só é possível com a ajuda de outros recursos, como uma landing page caprichada ou conteúdos relevantes. Portanto, apesar de essa ser considerada uma ação que traz resultados rápidos, precisa contar com outros fatores para funcionar.

O sucesso da campanha também está ligado ao modo como ela é criada. Uma palavra-chave mal escolhida ou uma descrição mal elaborada, por exemplo, pode influenciar negativamente nos resultados. É preciso, assim, dar tempo ao tempo para testar novos formatos e analisar o impacto das mudanças.
Otimização do site

Ao contrário do que acontece com os links patrocinados, as estratégias de SEO não funcionam para deixar seu site rapidamente bem posicionado nos mecanismos de busca — a não ser que a concorrência para o termo desejado seja extremamente baixa. Geralmente, a otimização do site leva meses para começar a dar resultados e o processo deve ser contínuo.

Quanto mais conteúdos forem publicados e mais tempo de atividade tiver o site, maiores serão suas chances de ser encontrado. De toda forma, é fundamental fazer uma boa pesquisa de palavras-chave para usar na estratégia, produzindo materiais relevantes a partir daí.

A grande vantagem de investir em Search Engine Optimization é que você não precisa pagar ao Google ou a outro buscador para ficar visível. Já o mesmo não acontece, no entanto, com os anúncios patrocinados, que param de ser exibidos assim que seus créditos acabam.
Marketing de conteúdo

Além de ajudar seu site a ficar bem ranqueado nas pesquisas orgânicas, o marketing de conteúdo é responsável por gerar engajamento com os usuários e passar autoridade. Pense bem: se aquele visitante que caiu de paraquedas em algum post seu vê valor no material produzido e começa a consumir outros conteúdos, ele automaticamente passa a ter seu canal como referência na área. Esse usuário não será somente um seguidor, mas é muito provável que vire um promotor do seu trabalho.

Precisamos ressaltar aqui, no entanto, que é simplesmente essencial contar com uma boa variedade de conteúdos, bem como atualizar o blog e as redes sociais com frequência. O resultado vai variar de acordo com sua rotina de produção.
E-mail marketing

Antes de começar sua estratégia de e-mail marketing, você precisa conseguir contatos qualificados. Então nada de cair na tentação e comprar uma lista de e-mails, ok? Essa é uma péssima prática que, além de proporcionar baixas taxas de conversão, compromete a imagem da empresa. O ideal é enviar mensagens apenas a quem demonstra interesse real no seu negócio.

O detalhe é que essa primeira etapa não é tão simples quanto pode parecer. Para que os usuários forneçam seus dados, você deve oferecer algum conteúdo que gere valor para eles. A partir de então, começa um novo desafio: qualificar os leads e convertê-los em clientes.

Uma última dica ainda sobre esse assunto: muitos enviam ofertas de produtos e serviços assim que conseguem o e-mail do usuário. Não entre nessa fria! Primeiramente, é importante montar um fluxo de nutrição e incentivar seu lead a avançar na jornada do comprador, sem afobação. Afinal, você não quer jogar todo seu esforço fora, não é mesmo?
Afinal de contas, vale a pena esperar?

A verdade é que quem começa essa empreitada ciente de que o marketing digital é um investimento a médio e longo prazos costuma conseguir bons resultados. Afinal, depois de os canais corporativos oferecerem uma quantidade considerável de conteúdos e seu site ranquear bem para algumas palavras-chave, a empresa gastará muito pouco (ou até nada) para atrair e converter usuários.

O investimento em anúncios patrocinados continuará sendo uma boa maneira de gerar tráfego, mas você poderá diminuir a verba destinada a essa modalidade e passar a focar em outras. A gestão de redes sociais, por exemplo, é uma atividade que se torna indispensável depois que sua base de seguidores cresce.

Ao tomar esse cuidado, interagindo adequadamente com as pessoas e produzindo conteúdos de qualidade, o negócio ainda é beneficiado pelo marketing de referência. E acredite: a indicação ainda tem muito peso para os consumidores em suas decisões de compra. Assim, quando alguém compartilha um post ou qualquer publicação da marca nas redes sociais, outros usuários veem com bons olhos.

No fim das contas, mesmo que sua estratégia de marketing digital leve um tempinho para dar resultados, não se esqueça que ela é essencial para seu negócio não perder visibilidade com o passar dos anos. Se você investe apenas em mídias de retorno rápido, seus anúncios logo desaparecem, comprometendo a saúde da empresa.

E você, por acaso é daqueles que não têm paciência de esperar os resultados? Ou você segue os passos planejados e executa sua estratégia do início ao fim, leve o tempo que for? Deixe seu comentário aqui e compartilhe sua experiência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana