sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Ministro diz que Governo de Goiás não aplicou como devia recursos penitenciários

Não colou a tentativa de Marconi Perillo (PSDB) de tentar terceirizar a culpa pelo caos penitenciário que sua gestão implantou no Estado. O ministro da Justiça, Torquato Jardim afirmou que a gestão Marconi não "aplicou como devia" os recursos federais do Fundo Penitenciário Nacional transferidos ao estado

Segundo Jardim, o governo federal tem investido em programas embusca de soluções para a crise nos presídios, mas nem todas as administrações estaduais têm feito a sua parte. Em 2017, foram repassados R$ 1,7 bilhão aos 26 Estados e ao DF para ampliar as vagas. 

Mas, até o final do ano passado, apenas 4% da verba foi usada. Goiás, por exemplo, recebeu R$ 44,7 milhões e só investiu R$ 7,7 milhões. "Goiás, entre 1999 e 2015, reebeu quase R$ 90 milhões. Em 2016, recebeu mais R$ 44 milhões e não fez a aplicação como devia no sistema penitenciário. Esse motim é reflexo. Flata uma decisão política clara dos governadores de resolverem a questão", criticou o ministro. 

Acostumado a nunca aceitar culpa sobre nada, Marconi está assustado com a repercussão nacional de sua má gestão em apenas uma ponta da segurança. Imagine se puxar o fio do novelo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana