segunda-feira, 18 de junho de 2018

Senador da energia limpa e renovável

Quando Hélio José, engenheiro elétrico, servidor público federal de carreira, assumiu como Senador da República, como primeiro suplente do então Senador Rodrigo Rollemberg, conforme diz a Constituição, em seu primeiro discurso em plenário comprou a bandeira da energia limpa e renovável

Era difícil produzir um texto com o tema: "energia fotovoltaica" . E dois eram os motivos: defesa do meio ambiente e baratear o custo da conta de luz para famílias de baixa renda. 

Hélio fez vários pronunciamentos cobrando do governo federal uma política mais acessível de investimento à energia solar no país. 

Pois bem, a luta é vitoriosa. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES), anuncia financiamento para pessoas físicas a instalações de energia solar, que permite financiar até 80% dos itens. 

O projeto pode ser contratado por meio de bancos públicos e o custo vai de acordo com a renda anual familiar. O programa permite carência de 3 a 24 meses, com prazo máximo de 144 meses. A implantação de sistemas de geração solar permite reduzir gastos com a conta de luz, já que famílias passarão a comprar menos energia da concessionária e poderão, segundo normas da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), fazer uma conta corrente de energia vendendo o excedente para a distribuidora.

Senador Hélio José (Pros/DF) defendendo o meio ambiente e as gerações futuras do planeta. Hélio José um ficha limpa no Senado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores da semana