Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início

Ao todo, serão quatro meses de mergulho no universo teatral, desenvolvendo a criatividade, o senso crítico, a expressão vocal e corporal e o espírito de colaboração coletiva. Aulas começam dia 5 de agosto

Estão abertas as inscrições para o curso “Teatro Elétrico - Vivência de Processo Criativo”, que começa no próximo dia 5 de agosto, na sala Adolfo Celli, no Teatro Goldoni (Casa d’Itália), na 208/209 Sul. Ministrado pelos diretores Fernanda Alpino e Fernando Carvalho, o evento acontece até dezembro, totalizando 92 horas/aula, sempre às segundas e quartas-feiras, das 19h às 21h30. A realização é do Grupo Liquidificador, com produção da Desvio Produções Culturais e parceria do Teatro Goldoni de Brasília.

A proposta é trabalhar no curso, que já está em sua quarta edição, a autonomia criativa, o corpo e o pensamento coletivo. “Desta vez, elencamos a vivência do processo criativo como o eixo principal do trabalho. Durante estes quatro meses, vamos trabalhar fundamentos da linguagem cênica e performática, expressão vocal e corporal, o domínio espacial, a presença, a colaboração em equipe e a autonomia na criação de projetos. A partir da técnica dos “viewpoints” (pontos de vista sobre o movimento), o participante será estimulado a se reconhecer como protagonista sensível, crítico e reflexivo dessas atividades”, explica Fernanda Alpino.

Segundo ela, a criatividade é uma habilidade cada dia mais procurada na vida cotidiana e profissional. “Este curso propõe, portanto, desenvolver e potencializar a criatividade do aluno a partir de exercícios corporais e propostas cênicas”, afirma.

A vivência trará, ainda, ao participante atividades e jogos corporais que desconstroem a ideia de separação entre mente e corpo, desenvolvendo caminhos mais intuitivos para a criação.

Ao final do curso haverá uma apresentação aberta ao público, momento em que o aluno poderá compartilhar o conteúdo autoral e coletivo desenvolvido. O trabalho final ficará em cartaz durante um final de semana do mês de novembro, no próprio Teatro Goldoni.

Sobre os professores - Fernanda Alpino e Fernando Carvalho são diretores, atores, produtores e co-fundadores do Grupo Liquidificador.

Fernanda é atriz-criadora dos espetáculos: “A Cartomante”, “Aquário” e da peça-festa “ULTRA-ROMÂNTICO”. E também diretora dos solos “Janta 1” e “Janta 2”, co- diretora das peças “Jardim das Delícias” e “TecnoMagia”;, na qual também atua. Ministra e dirige o curso de iniciação teatral “Teatro Elétrico” desde de 2016. Ainda com o Grupo Liquidificador fez produção local para diversas companhia de outros estados, incluindo o Teatro Oficina Uzyna Uzona (SP) de Zé Celso, a Cia Luna Lunera (MG) e o Grupo Dirigível (PA). Produz também eventos como a Confra de teatro de grupo do DF que já está na sua quarta edição.

É colaboradora do Grupo Tripé (DF), assinando o figurino do espetáculo “Entre-Quartos”, compondo também a equipe técnica de todos espetáculos da companhia. Compôs ainda o elenco da Cia. Márcia Duarte onde fez parte dos espetáculos de teatro-dança “Húmus/Kaos” e “Mobamba” dirigidos por Márcia Duarte. Participou como atriz convidada do espetáculo Não Alimente os Bichos em suas apresentações no ano de 2013. É ainda assistente de direção dos espetáculos “Mata! Mata! Mata-me amor!” e “Admirável mundo cão”. No cinema compõe o elenco do longa-metragem “Campus Santo” com direção de Marcio Curi e do curta metragem “Casa de Praia”(2018) de Duda Affonso.

Fernando é bacharel em Artes Cênicas pela Universidade de Brasília – UnB e estudou Direção Teatral com Emílio García Wehbi em Buenos Aires. No Grupo Liquidificador, foi diretor das peças “ULTRA-ROMÂNTICO” e “A Cartomante”, co-diretor de "Jardim das Delícias" e "TecnoMagia”, ator- criador da peça Aquário e ator-dramaturgo da peça "Janta 2" com direção de Fernanda Alpino, além de exercer a função de coordenador administrativo. Fez parte do elenco de “O Muro” direção Adriana Lodi; “Hamleto” e “Macufagia” com direção de Hugo Rodas; “A Porca Faz Anos” direção Felícia Johanson entre outros. Em 2016 teve dois textos selecionados para a mostra nacional Janela de Dramaturgia e em 2017 dirigiu a montagem de seu texto "Ovelha Dolly" que teve uma versão baiana dirigida por Jorge Alencar e Neto Machado em 2018.

Dentre os últimos cursos realizados destacam-se: Teatro Ritual, com Clodet García (Argentina), Suzuki y Viewpoints, com Ernesto Martínez Correa (Colômbia) e Acercamiento al Distanciamiento de Bertold Brecht, com Laura Brauer (Argentina). Tem pesquisa em comicidade práticas de clown influenciada pelos trabalhos com os diretores Zé Regino, Felícia Johansson e Ana Flávia Garcia e pelos cursos com Marcio Libar, João Artigos, Chaccovachi, João Porto, Cia UdiGrudi além da colaboração com o NUTRA- Núcleo de treinamento do ator.

Sobre a Desvio Produções Culturais – À frente da Desvio Produções Culturais está Elisa Mattos, que trabalha desde 2010 com produção executiva no Distrito Federal. Elaborou e realizou diversos espetáculos com patrocínio do FAC/Rouanet/LIC e também realizou espetáculos independentes e oficinas de iniciação teatral. Trabalhou na produção de espetáculos com nomes relevantes do teatro brasileiro, como Gracindo Júnior, Georgette Fadel, Roberto Lage e Alexandre Ribondi. Durante dois anos trabalhou com produção na área audiovisual, produzindo diversos filmes publicitários, institucionais e também um curta metragem. Ainda no audiovisual, produziu um projeto de doze curtas sobre direitos humanos. Nos últimos anos atuou fortemente como coordenadora financeira de projetos culturais em diversas áreas. Fundou em 2017, com outros três sócios, o Espaço Multicultural Casa dos 4, que abriga um coworking, e recebia espetáculos e pequenas exposições. É, atualmente, sócia fundadora da Desvio Produções Culturais.

Conheça o programa do curso:

- Fundamentos da linguagem cênica e performática;

- Expressão vocal e corporal;

- Domínio espacial;

- Presença;

- Viewpoints;

- Colaboração em equipe e a autonomia na criação de projetos;

- Criação de cenas e performances.

SERVIÇO:
CURSO TEATRO ELÉTRICO – VIVÊNCIA DO PROCESSO CRIATIVO
Quando: De 5/08 a 1º/12
Onde: Sala Adolfo Celli, no Teatro Goldoni (Casa d’Itália), na 208/209 Sul.
Quanto: R$ 840,00 (à vista) ou R$ 980 (dividido em até 4 vezes)
Horário: Sempre às segundas e quartas-feiras, das 19h às 21h30
Informações e Inscrições: 61 98425-6885 / https://forms.gle/MLZVeMfAxnginX9RA
Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)