Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início

Escolas devem enviar documentação para ter direito aos recursos


As escolas da rede pública de ensino já podem pedir a liberação dos R$ 25 milhões referentes à 2ª parcela do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf) de 2019. A informação foi publicada nesta quarta-feira (28/8) no Diário Oficial do DF, na portaria nº 284. O valor que cabe a cada escola está destalhado no documento

Uma novidade dessa portaria é que as unidades escolares que fazem parte do Escolas que Queremos, uma das cinco bandeiras do programa Educa DF, terão acrescidos 15% do valor-base. Esse incentivo tem o objetivo de melhoria nos indicadores de aprendizagem e de fluxo escolar.

O Escola que Queremos é composto por um grupo de 190 unidades que têm recebido apoio da gestão para melhorias em diversas áreas. Entre elas, infraestrutura, formação pedagógica e engajamento dos profissionais.

A liberação dos recursos depende da avaliação dessa documentação. Portanto, quanto mais rapidamente as escolas a enviarem, com o devido processo no Sistema Eletrônico de Informação (SEI), mais rapidamente será operada a liberação do dinheiro.

Para os repasses previstos na portaria será considerado o valor de R$ 55 por estudante, para as unidades escolares com serviços terceirizados de conservação e limpeza, e R$ 65 para aquelas sem serviços terceirizados de conservação e limpeza, tendo por base o Censo Escolar de 2018.

Procedimentos

As unidades escolares devem enviar a documentação necessária por meio de processos individualizados no SEI, a partir do que estarão habilitadas a receber o dinheiro. A identificação do processo de cada escola deve seguir o seguinte modelo: “Orçamento: Liberação de Recursos – Pdaf 2º semestre de 2019”.

O Pdaf foi criado para gerar autonomia financeira nas unidades escolares e coordenações regionais de ensino (CREs), nos termos do projeto político-pedagógico e dos planos de trabalho de cada uma. Ele pode ser utilizado em serviços como: aquisição de materiais de consumo; contratação de pessoa física ou pessoa jurídica para realização de serviços de manutenção preventiva e corretiva nas instalações físicas do prédio; e pagamento de despesas com água e esgoto, entre outros.

Valor complementar

Também foi publicada no Diário Oficial do DF desta quarta-feira (28/8) a portaria nº 283, que disponibilizou R$ 5.200.426 do Pdaf em caráter complementar. A descentralização é destinada às unidades executoras e às coordenações regionais de ensino, para apoio de escolas da rede pública de ensino do Distrito Federal.

No primeiro semestre foi autorizado o repasse de R$ 48.485.410, referente à primeira parcela do Pdaf. Somado ao valor do segundo semestre, o montante liberado já chega a R$ 73. 485.410 no ano.
Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)