Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display



404

Página não encontrada

Início

O GDF encerrou 2021 com 721 inaugurações nas 33 regiões administrativas, entre unidades de saúde, viadutos e escolas


Foto: Joel Rodrigues.

O Governo do Distrito Federal (GDF) sabe que é necessário investimento e infraestrutura para que haja desenvolvimento urbano. Os números de ações e obras comprovam essa máxima. Em dezembro de 2021, as 33 regiões administrativas acumularam mais de 1,4 mil obras, feitas ao longo dos últimos três anos. Pelo menos metade delas está concluída (721). Já foram investidos R$ 3.602.528.398,50 em diversas áreas do governo, como saúde, mobilidade e segurança pública.

O ano de 2021 foi também o de maior número de inaugurações e entregas de serviços desta gestão. Das 721 concluídas, 386 foram inauguradas até novembro, 211 até dezembro de 2020 e 124 no mesmo mês em 2019. Os resultados crescentes mostram o empenho do GDF em investir em melhorias na vida da população, inclusive no ano de maior crise da pandemia do novo coronavírus.

À frente das principais ações estão as secretarias de Obras e de Governo, além da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). O balanço não contempla as intervenções das administrações regionais nem as manutenções feitas nas escolas por meio do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf).

Só pela Novacap, foram entregues unidades básicas de saúde (UBSs), unidades de pronto atendimento (UPAs), reforma e ampliação do Museu de Arte de Brasília e estruturação dos hospitais de campanha para atendimento de pacientes com covid-19. Segundo o presidente da empresa, Fernando Leite, foram mais de R$ 1 bilhão investidos, mesmo durante a pandemia.

"Estamos fechando este ano [2021] com 204 contratos, mais de R$ 700 milhões de investimentos. Fizemos mais de 270 km de calçada em todas as cidades. Implementamos pontos de encontro comunitário [PECs], parquinhos, mais de 50 km de asfalto, mais de 80 km de recuperação asfáltica. Além disso, demos início ao Hospital Oncológico de Brasília. É muita coisa."

O secretário de Governo, José Humberto Pires, reforça os feitos do GDF, destacando as diversas obras realizadas ou em andamento nesses três anos de gestão: "A Novacap tem papel fundamental nisso, porque faz os projetos, a fiscalização e a execução da maioria dessas obras. E isso vai da revitalização até a construção de novos espaços, sem falar nas ações emergências que precisamos corrigir na cidade".

DER
Já entre as principais obras em andamento geridas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) – e com previsão de entrega este ano – estão a ampliação em 8,3 km da DF-001, Estrada Parque Contorno (EPCT), no trecho entre o final do Pistão Norte e o balão do Texas, incluindo as vias marginais; a ampliação das vias marginais da DF-047, Estrada Parque Aeroporto (Epar); a construção do viaduto na EPCT, no entroncamento entre o Recanto das Emas e o Riacho Fundo II; a duplicação de 14,8 km de pavimentação da DF-140 e a construção do viaduto entre o Paranoá e o Itapoã.

Somam-se a essas expansões o projeto Caminho das Escolas, com a pavimentação dos acessos a diversas unidades de áreas rurais, entre elas as escolas classes Lobeiral, Queima Lençol, Sonhém de Cima, Santa Helena, Catingueiro e Boa Vista. Já foram concluídos os acessos às escolas no Núcleo Rural Lamarão, Olhos d'Água e Jardim II.

"O ano foi crucial para adiantarmos diversos projetos. Demos início a grandes complexos viários, como os viadutos que irão impactar positivamente a vida de milhares de pessoas. Além disso, focamos a manutenção das obras de arte e na pavimentação, ações que, inclusive, refletiram na redução de óbitos e de acidentes de trânsito", avalia o diretor-geral do DER, Fauzi Nacfur Júnior.

O secretário de Obras, Luciano Carvalho, lembra que o maior feito de 2021 foi manter a programação dos projetos estruturantes do Plano Piloto e das outras regiões administrativas. "Mantivemos a recuperação da W3 Sul e as obras finais de Vicente Pires e do Sol Nascente, e temos, como a principal delas, o Túnel de Taguatinga".
Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA