Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início
Resultado de imagem para cldf

Vedação de nomeação de condenado por violência, energia elétrica para aparelhos vitais e ICMS são temas de projetos aprovado


Com tramitação concluída, os projetos seguem para a sanção do governador
Em sessão produtiva, nesta terça-feira (18), os deputados distritais aprovaram diversas proposições legais, a maioria delas em segundo turno e redação final. Entre os projetos aprovados, está o PL nº 1.883/2017, que proíbe o corte do fornecimento de energia elétrica aos consumidores em débito com a CEB que fazem uso – contínuo e domiciliar – de aparelhos elétricos para procedimentos médicos essenciais à preservação da vida.

De autoria do deputado Cláudio Abrantes, o projeto estabelece que, para fazer jus à medida, o consumidor deve apresentar à concessionária do serviço laudo médico oficial, discriminando a necessidade de uso do equipamento indispensável à preservação da vida. O texto prevê, ainda, que o benefício não extingue o débito com a concessionária.

Outra proposição aprovada nesta tarde é a proposta de emenda à Lei Orgânica do DF nº 6/2019, assinada por vários distritais. A PELO veda a designação para função de confiança, ou a nomeação para emprego ou cargo em comissão, de pessoa condenada por violência contra a mulher, contra crianças ou adolescentes ou contra idosos. A proibição alcança as decisões transitadas em julgado ou proferidas por órgão judicial colegiado, desde a condenação até oito anos depois do cumprimento da pena.

Ainda de iniciativa de parlamentar, foi aprovado em segundo turno o projeto de lei nº 1.640/2017 do deputado Delmasso (PRB). O texto institui a Política de Prevenção de Acidentes e de Violência em Âmbito Escolar na Rede Pública e Particular de Ensino do DF.

Executivo – O plenário da Casa aprovou, na forma de substitutivo, o PL nº 111/2019, do governo do DF. Aprovado em segundo turno e redação final, o projeto institui o serviço voluntário na Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal.

Também do Executivo, os distritais aprovaram o projeto de lei nº 460/2019, que altera a legislação do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação – ICMS (Lei nº 1.254/96). O objetivo é inserir, na lei tributária, instrumento normativo que garanta estabilidade e segurança jurídica quanto aos efeitos do desenquadramento de contribuintes de regimes diferenciados de apuração do ICMS.

Moções – Os deputados aprovaram, em votação em bloco, diversas moções. Contudo, duas foram apreciadas em separado: uma em repúdio à extinção do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura e outra em homenagem aos manifestantes LGBTQ – ambas de autoria do deputado Fábio Felix (PSol). As duas proposições foram aprovadas com 12 votos favoráveis e quatro contrários, dos deputados Delmasso (PRB), Martins Machado (PRB), Valdelino Barcelos (PP) e Kelly Bolsonaro (Patriota).
Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)