-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início

Em conversa com o Blog, Ibaneis disse que Moro "nunca fez nada" desde que chegou ao ministério e que seria melhor que ex-juiz voltasse para as investigações de corrupção


O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, fez uma crítica dura à atuação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e disse que seu secretário de segurança no DF, Anderson Torres, que é amigo do presidente Jair Bolsonaro, seria um “ministro 100 vezes melhor” do que o ex-juiz da Lava Jato.


“Ele nunca fez nada. Como ministro, não fez nada. Foi um grande erro do presidente. Moro está fazendo um péssimo trabalho”, disse o governador, que se aproximou mais do que nunca do Palácio do Planalto, tendo sido o único governador em todo País a ter participado, a convite de Bolsonaro, da coletiva sobre o avanço da pandemia do coronavírus, na última quarta-feira, 22.

Segundo Ibaneis, o secretário de segurança no DF, Anderson Torres, lhe disse que não recebeu nenhum convite até agora para assumir qualquer posto no governo, mas a chefia da Polícia Federal, segundo o ministro, “seria pouca coisa” para o seu secretário.

“Anderson é fiel a mim e muito próximo do presidente. Ele me disse que, até o momento, não recebeu nenhum convite, então não recebeu. Se for para ele ir para a Polícia Federal, vou ter alguma divergência. Mas se para o Ministério da Justiça, aí ele tem que ir”, disse Ibaneis.

Sobre a postura do governo, que correu para aplacar os ânimos e manter Sergio Moro no governo, Ibaneis disse que “já passou da hora” de demitir o ministro da Justiça e que Bolsonaro “precisa parar de usar uma Bic”, e passar a usar uma “Montblanc”, em referência à grife de canetas mais caras do mundo.

“O presidente tem que exonerar essa turma, tem que usar logo uma Montblanc, e não uma Bic. Nomeado cumpre ordem. Cadê o Moro? Ele sumiu, ficou escondido, esperando a crise para aparecer depois como estrela”, disse o governador.


Procurado, o Ministério da Justiça disse que Moro não comentaria as declarações.

Com informações do Estadão.
Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)