Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início


O isolamento social mudou a rotina de muitas pessoas no mundo. Hábitos como ir correr no parque ou treinar na academia estão fora de cogitação. Como quarentena não é desculpa para esquecer essas atividades, encontramos uma lista de aplicativos para que você possa se exercitar dentro de casa enquanto espera essa crise passar


Foto: Udson Fábio.

Confira:

Nike Training Club 
O Nike Training Club é um dos aplicativos mais famosos para se exercitar em casa. Após fazer o login, é necessário responder duas perguntas para que ele possa entender o perfil: homem ou mulher, e quantas vezes por semana está acostumado a treinar.

Em seguida, você pode buscar o treino que deseja. O aplicativo é bastante organizado. Ele mostra, primeiro, exercícios que acredita serem indicados ao seu perfil e, embaixo, novos treinos disponíveis.

Também é possível procurar treino de acordo com equipamentos, tipo ou grupo muscular. Antes de iniciar a aula, o usuário tem acesso ao tempo de treino, sua intensidade e nível. O app também organiza todos os treinos já feitos anteriormente, qual o seu histórico e conquistas.

Gratuito - Disponível para iOS e Android.

Freeletics Bodyweight 
Assim como o aplicativo da Nike, o Freeletics Bodyweight começa com perguntas ao usuário. Mas, mais direcionadas: é preciso dizer quais os três principais focos ao usar o aplicativo (ganhar força, perder peso, aumentar a resistência, melhorar o condicionamento físico e aliviar estresse). Em seguida, ele pede que você avalie seu nível de condicionamento e como gostaria de treinar (usando peso corporal, correndo ou com barra e pesos).

Ele apresenta diferentes séries de exercícios que vão desde abdominais até agachamentos e exercícios com pesos. Um ponto negativo, para mim, é que o aplicativo tenta te levar aos planos Premium de qualquer maneira, deixando as opções um pouco confusas.

Na versão paga (R$ 194,99 por semestre), ele te apresenta treinos de 12 semanas com acompanhamento de coach e planos de refeição personalizados. 

Gratuito (e com versão paga) - Disponível para iOS e Android

BTFIT 
O app criado pela Bodytech está com todas as suas funções gratuitas até o dia 31 de março, para que as pessoas não precisem ir à academia no período de pandemia do coronavírus.

Um dos grandes diferenciais é que, além de ter acesso a treinos específicos, é possível acompanhar pelo celular as aulas da BodyTech em diferentes modalidades, como ballet fitness, yoga, cardio dance, entre outros. O aplicativo tem ainda programas de treinamento específicos e com nomes curiosos, como "Mamãe fitness", "7 dias insanos" e "Seca tudo em cinco dias", entre outros.

Uma das funções mais legais é a possibilidade de espelhar os vídeos das aulas para a televisão, para facilitar o acompanhamento das aulas. Também é possível fazer download para ver as aulas offline.

Gratuito (por tempo limitado) - Disponível para iOS e Android.

5 minutos de Yoga 
Bem mais básico do que os outros aplicativos e bastante fácil de usar, o app possui diversas aulas curtas (como o nome já diz, de cinco minutos) de yoga. Em vez de vídeos, ele tem uma ilustração da posição e uma explicação em texto sobre como ela deve ser feita.

Uma boa funcionalidade é o timer. Ao clicar no play, o aplicativo começa uma contagem regressiva de 40 segundos para cada posição e, em seguida, apita um alarme. Ele tem versão paga (R$ 5,49 por mês ou R$ 19,99 por ano) que desbloqueia outros treinos, além de incluir músicas nas sessões.

Gratuito (com versão paga) - Disponível para iOS e Android.

J&J Official 7 Minute Workout
A Johnson & Johnson criou um aplicativo para quem tem pouco tempo para fazer atividades físicas. Com exercícios de sete minutos, eles explicam movimentos simples, como agachamentos e polichinelo.

Uma preocupação da empresa ao fazer o app foi incluir alongamentos antes de iniciar o programa (mas o usuário pode decidir pular essa parte, caso prefira).

O maior ponto negativo é de que o aplicativo não está disponível em inglês, e as explicações podem não ser tão fáceis para quem não fala o idioma. 

Gratuito (com versão paga) Disponível para iOS e Android.

Queima Diária 
Este oferece vídeo-aulas em streaming, como se fosse um "Netflix" fitness —Mamãe Sarada, Adeus Dor nas Costas, Bumbum na Lua, Barriga Negativa, Power Hiit e Desafio Yoga são alguns dos programas do catálogo de mais de 450 opções.

As aulas podem ser assistidas pelo computador, pelo aplicativo ou até pela Smart TV. Pago (R$ 29,90 por mês, com período experimental de 30 dias)

Disponível no site www.queimadiaria.com ou nos apps (iOS e Android).

E aí, gostou?

Se você tem mais alguma sugestão, compartilhe conosco!

Fonte: www.uol.com.br
Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)