-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início

Foram 39 pessoas curadas, 2 mil exames e 620 atendimentos num mês

Hospital Regional de Luziânia - Foto: Marcelo Santos.

Em 29 dias de operação o Hospital Regional de Luziânia (HRL), gerido pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED - salvou 39 vidas. Pacientes que chegaram em estado crítico, foram internados nos leitos de enfermaria ou Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e conseguiram vencer o Covid-19. Antes de completar um mês de funcionamento o HRL contabiliza mais de 620 atendimentos com mais de 60 internações. Foram mais de dois mil exames diagnósticos e mais de 5.900 refeições servidas a pacientes, acompanhantes e funcionários nesse período. Atualmente, a unidade encontra-se com 22 pessoas internadas.

O HRL trabalha de portas abertas 24 horas para atender pacientes com síndromes respiratórias. Foi o primeiro hospital dedicado a atender o público do SUS ameaçado pela pandemia no entorno de Brasília. Nesse primeiro mês, a média diária de atendimento no ambulatório foi de 18 pacientes por dia, passando dos 20 nos finais de semana e feriado. “Isso é normal, infelizmente. Se a pessoa se sente mal ela vai aguentando e segurando ao máximo a ida ao médico para evitar faltar ao trabalho, por isso tradicionalmente no fim de tarde e nos finais de semana o movimento no Pronto-Socorro é maior”, explica Getro de Oliveira Pádua, diretor do IMED.

Os números do HRL também evidenciam o acerto do governo ao estruturar o hospital para atender casos graves numa região onde as unidades de saúde de referência ficam em outro estado. Nesse primeiro mês a média de ocupação da UTI foi de cinco pacientes por dia e 10 na enfermaria. Tanto enfermaria como UTI têm suporte de oxigênio. São locais de tratamento para casos moderados e críticos onde o isolamento domiciliar não é indicado.

Infraestrutura
Desde que abriu, o HRL conta com 39 leitos – entre UTI e enfermaria- para atender tanto a pacientes encaminhados pela Secretaria de Estado de Saúde, por meio do seu sistema de regulação, quanto aos moradores que procuram atendimento 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O IMED vem trabalhando com afinco e dedicação no atendimento à população, tendo realizado em tempo recorde adequações na estrutura do hospital recebido da Prefeitura. Entre as obras destacam-se a construção de todo sistema de gases medicinais, instalação de tanque de oxigênio de 22 toneladas, aquisição de equipamentos e de mobiliário, compra de medicamentos e epi’s, pintura da unidade, instalação de quadro de energia para tomografia, finalização do sistema de ar-condicionado, troca de portas, substituição das tomadas junto às instalações da uti, além de outros reparos diversos. Apesar de novo, o HRL estava em obras há oito anos e nunca havia servido à população, até ser estadualizado.

Equipe e tecnologia
Além da equipe médica multidisciplinar, o IMED implantou um serviço de telemedicina com suporte de especialistas ao atendimento do Covid-19, tratamento de hemodiálise, serviço de Radiologia, laboratório, remoção com UTI e nutrição, além da contratação de mais de 105 profissionais para o atendimento da população, todos eles treinados e dedicados ao combate da Covid-19.

Em parceria com o Governo do Estado, a organização social está estruturando um serviço de triagem digital e visitas em domicílio totalmente gratuito para a população. Ele já está em teste.

Sobre HRL
O Hospital Regional de Luziânia (HRL) começou a receber os primeiros pacientes com sintomas de Covid-19 no dia 20 de maio de 2020. Vieram transferidos pela central estadual de regulação de vagas do Estado de Goiás. Os leitos são ocupados gradualmente, a partir da avaliação diária e conjunta da direção com a Secretaria Estadual de Saúde.

Estadualizado, após passar oito anos em obras, o HRL foi o primeiro hospital do entorno do Distrito Federal dedicado a tratar pacientes com sintomas respiratórios agudos causados pelo novo coronavírus. Cerca de 1,2 milhão de pessoas, que moram na região, são beneficiadas pelo Hospital Regional de Luziânia.

Sobre o IMED
A Organização Social Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED) é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que presta serviço de relevante interesse público na área de saúde. Administra unidades básicas de saúde em Minas Gerais, o Hospital de Urgência de Trindade (HUTRIN) e, desde maio de 2020, o Hospital Regional de Luziânia e o de Formosa, todos em Goiás.

Fundada em 2013, o IMED zela pelo bem estar dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em todas as unidades que administra, promovendo gestões competentes com uso racional de recursos e investimento em tecnologia e pessoal especializado.
Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)