-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início
Profissionais do Hutrin - Foto: Divulgação

O isolamento imposto pela pandemia da Covid-19 mudou de forma brusca a rotina de milhares pessoas ao redor do mundo e trouxe impactos preocupantes para a saúde mental. De acordo com o Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERF), os casos de depressão praticamente dobraram desde o início da quarentena. A Organização Mundial da Saúde (OMS) também aponta aumento dos índices de suicídio, depressão, medo e ansiedade.

Preocupado com a saúde mental e emocional dos colaboradores, o Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin), por meio da Comissão Interna de Prevenção a acidentes (CIPA) e do Serviço Especializado em Engenharia e Medicina do Trabalho (SESMT) promoveu uma ação para conscientizar os profissionais sobre a importância da campanha Setembro Amarelo e da busca por auxílio psicológico.

O hospital usou a tecnologia para produzir e compartilhar através de aplicativos de mensagens um card especial sobre a campanha, produziu cartazes informativos que foram fixados na recepção da unidade de saúde para conscientizar colaboradores e pacientes e também distribuiu para todos os profissionais um kit de doces com um coração amarelo.  

Durante a entrega, os organizadores ressaltaram a importância de compreender a campanha. “O remédio é a prevenção, e isso pode ser feito com estilo de vida saudável, evitando ou resolvendo situações de estresse. O que tem salvado vidas na pandemia é a  solidariedade", afirma o Técnico de Segurança no Trabalho do Hutrin, Carlos Aves.

Apoio psicológico

O Hutrin sensibiliza seus colaboradores a explorar e perceber os sinais de alerta que uma pessoa emite quando está nessa situação, além de oferecer total apoio psicológico aos profissionais. A psicóloga do hospital, Polliana Alves, reforça que o processo de empatia é fundamental nessa rede de apoio. “É importante que essa campanha seja desenvolvida o ano todo. É importante compreender a dor do outro e dedicar um tempo para que ele se sinta compreendido. Isso pode fazer toda a diferença”, afirma.

Os atendimentos realizados pelo Hutrin seguem tanto as normas do Conselho Federal de Psicologia, que prevê a confidencialidade e a discrição, como também as normas sanitárias obrigatórias no hospital. Todos precisam manter distanciamento para evitar os riscos de contaminação. Depois de uma conversa, muitos profissionais voltam mais tranquilos para o trabalho.

Como ajudar?

Existem alguns órgãos que trabalham prestando auxílio para prevenção ao suicídio, como: CAPDS e Unidades Básicas de Saúde (Saúde da família, Postos e Centros de saúde), UPA 24H, SAMU 192, Pronto Socorro, Hospitais e o CVV (Centro de Valorização da Vida) através do número 188. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer linha telefônica. A instituição atende todas as pessoas que queiram e necessitam de uma conversa e garante sigilo.  

Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)