Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display



404

Página não encontrada

Início

Integrante do centrão e partido de dois filhos do presidente Jair Bolsonaro, o Republicanos deve indicar o novo ministro da Cidadania, pasta mais cobiçada nas mudanças que devem ocorrer no primeiro escalão no próximo mês

Foto: Renato Oliveira.

O ministério é responsável por gerenciar o Bolsa Família e operacionalizou também o auxílio emergencial, que parlamentares desejam retomar. A expectativa é que o atual titular da pasta, Onyx Lorenzoni, retorne ao Palácio do Planalto para ocupar a Secretaria-Geral, que está nas mãos de um interino.

Após sondar o nome do ex-prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, o governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) pode indicar um dos maiores aliados do democrata para assumir o ministério da Cidadania dentro dos próximos dias.

De acordo com informações do jornal O Globo, o partido Republicanos, integrante do centrão e sigla de dois dos filhos do presidente, pode indicar o deputado federal João Roma (BA), para assumir a pasta.

Outro cotado pelo presidente do partido, o deputado federal Marcos Pereira (SP), é o atual líder do partido na Câmara, Jhonatan de Jesus (RR), seu nome de confiança enquanto a indicação de Roma pode sinalizar mais uma aproximação do governo federal com o DEM, já que o deputado é próximo do presidente da sigla.

O ministério da Cidadania, responsável por gerir o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial, era gerido pelo democrata Onyx Lorenzoni, exonerado nesta sexta, 29. De acordo com o jornal, Lorenzoni deve migrar para a Secretaria-Geral, atualmente nas mãos do ministro-interino Pedro Cesar Sousa.

Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA