-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início

Enquanto os afazeres em casa e no trabalho não param, existe um ponto extra para as mães durante a pandemia: o cuidado com os filhos. A relação entre maternidade e a pandemia da COVID-19 é um dos vários fatores que podem aumentar a carga mental das mulheres, além do medo constante da contaminação própria e dos pequenos

Foto: Marcelo Oliveira.

Com a pausa das atividades presenciais escolares e em creches, as crianças sofrem junto com as mães a mudança de realidade em casa, pois ainda precisam de atenção constante, mas competem com uma lista extensa de afazeres da mãe. Tudo isso pode levar a um quadro de esgotamento mental, também conhecido como burnout.

Responsabilidade compartilhada
Cada família é única, mas algumas atitudes gerais podem auxiliar no cuidado com os filhos durante a pandemia. Para isso, companheiros e outros adultos integrantes da família devem ter responsabilidade semelhante na educação da criança.

Se for uma mãe “solo”, é muito importante ter uma rede de apoio com pessoas confiáveis e dispostas a ajudar, sem esquecer dos cuidados necessários (em caso de visitas presenciais), para evitar possíveis contaminações.

Para as mães que trabalham, separamos algumas dicas práticas que podem auxiliar no relacionamento com os filhos em casa: Estipule horários para cada atividade: a criança pode ser estimulada, desde cedo, a seguir a organização do dia. Se agora é hora de assistir à aula, então a brincadeira deve acontecer mais tarde.
Preze pela alimentação em família: temos uma relação afetiva com a comida. Por mais que a rotina às vezes consuma até altas horas, o momento de almoçar ou jantar deve ser preservado para aproveitar em família, sem interrupções ou telas.

Crie códigos educativos: uma boa ideia pode ser amarrar um lenço na maçaneta da porta para que as crianças saibam que devem evitar abrir a porta ou chamar para brincar.

As consultas de acompanhamento, tanto da criança quanto da mãe, devem ser mantidas, mas, se possível, utilizando outras modalidades, como a telemedicina. Agora, mais do que nunca, a saúde precisa estar em primeiro lugar.
Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)