Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display



404

Página não encontrada

Início

Pastor Daniel Pedrosa ficou internado 28 dias na unidade hospitalar

Momento de oração se fez presente na palestra ministrada pelo Pastor Daniel Pedrosa. Foto: Divulgação

Retornar ao ambiente em que se lutou pela vida não é tarefa simples, mas foi o que aconteceu recentemente para o Pastor Daniel Pedrosa. Ele voltou ao Hospital Estadual de Luziânia (HEL) para ministrar uma palestra sobre Setembro Amarelo, após um período de internação de 28 dias em decorrência de infecção da Covid-19.

A jornada do pastor pela vida se iniciou no começo de julho desse ano, quando realizou uma viagem para a Bahia com a esposa e ambos acabaram contaminados. Os sintomas se iniciaram com tosses e desconfortos na garganta, mas a princípio pensaram ser apenas gripe. Nos dias seguintes a doença evoluiu e foi no Hospital Regional de Luziânia que descobrir a gravidade.

Foi constatado o comprometimento de 30% de seus pulmões, mas diante das condições apresentadas pelo paciente pode começar o tratamento em casa. Quinze dias depois, a doença evoluiu muito e houve necessidade de internação, com 75% de comprometimento dos pulmões.

Na UTI, o pastor Daniel teve acompanhamento da equipe multidisciplinar e todo o atendimento necessário para sua cura. Os 13 dias que passou na UTI foram de luta pela vida. Daniel lembra que o seu amor a Deus, pela família e com o auxílio dos profissionais do hospital conseguiu se recuperar.

Depois da alta da UTI foram mais 14 dias na enfermaria, onde pode enfim sair pela porta da frente do HEL e reencontrar sua esposa e continuar o tratamento no aconchego da família.

Recuperado fez questão de ministrar uma palestra sobre suicídio e saúde mental, tema em evidencia durante o mês de setembro no Hospital Regional de Luziânia. Ao aceitar o convite, ficou receoso de voltar ao local onde brigou pela vida. “Dentro de mim pairava a dúvida: Como irei reagir ao pisar na entrada do local onde quase perdi a vida? Será que conseguirei encarar de frente a situação sem medo algum?”, explica Daniel Pedrosa.

As dúvidas sumiram no momento em que entrou no hospital e recebeu um acolhimento carinhoso de quem lutou junto com ele e ficou feliz com sua cura, os profissionais de saúde do HEL. “O reencontro com as pessoas que cuidaram de mim foi, sem dúvida alguma, fundamental para que todos os meus temores desaparecessem imediatamente! ”

O reencontro com as enfermeiras, médicas e psicólogas que salvaram sua vida tornaram a palestra emocionante. O pastor pode passar seu conhecimento de vida e de religião para os presentes.

Para o diretor-geral do Hospital Estadual de Luziânia, Francisco Amud, contar com o retorno do pastor Daniel demonstra a importância de persistir na luta pela vida. “Assim como o pastor, devemos persistir por nossas vidas, independentemente acometidos por uma doença como a covid ou mesmo uma doença psicológica. É nosso dever cuidar de todos”, finaliza.

Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA