Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início

O ministro da Cidadania, João Roma, classificou como um “avanço sem igual” no país a assinatura, nesta quinta-feira (2), pelo presidente Jair Bolsonaro, da regulamentação do pagamento do vale-gás e do programa Alimenta Brasil, em cerimônia no Palácio do Planalto




Em seu discurso, Roma também comemorou a aprovação, pelo Senado, da PEC dos Precatórios, que vai viabilizar o pagamento de R$ 400 do Auxílio Brasil para as pessoas que mais precisam, além da ampliação do número de beneficiários para mais de 17 milhões de famílias.

“Aprovação dessa PEC faz com que nós sigamos avançando afinados na responsabilidade fiscal, fazendo valer o que desde o princípio, desde o meu primeiro discurso de posse aqui nesse Planalto, eu tenho comentado: a área social e a área econômica são duas faces de uma mesma moeda. E é dessa maneira que estamos cada vez mais não apenas conquistando mais credibilidade no cenário nacional e internacional”, disse.

Ao falar sobre o Alimenta Brasil, Roma lembrou que o Ministério da Cidadania já foi chamado de Ministério de Combate à Fome. “Até então não tinha sido efetivo para os brasileiros que vivem numa situação abaixo da linha da dignidade, que é muito pior do que falar de pobreza ou extrema pobreza. O que nós estamos hoje protagonizando, presidente Bolsonaro, é um avanço sem igual nesse país, que produz alimento para mais de um bilhão de pessoas ao redor do mundo, desperdice mais de 30% do que produzimos”, afirmou.

“Portanto está aprovado que não é escassez de alimento que aflige aquele que tem fome no nosso Brasil. Existe abundância de alimentos e nós temos sim muito orgulho desse vetor de desenvolvimento do nosso Brasil que é o agro. Nós temos que ter orgulho do agro, e nós, enquanto agentes públicos, enquanto líderes que estamos agindo em consonância com a nossa sociedade, não podemos mais admitir que no Brasil do século XXI, que ultrapassa as fronteiras do 5 G com a o leilão, que nesse Brasil do conhecimento ainda exista brasileira e brasileiro passando fome”, acrescentou.

O Auxílio Gás, pontuou Roma, é mais um dos pontos que fazem com que o país possa superar as consequências da pandemia, que traz ao Brasil o que está trazendo para o mundo um processo internacional de inflação, processo muitas vezes que faz desabastecer os mercados. “O Brasil, por ser essa potência de alimentação, graças a Deus ainda não sofre com o desabastecimento. É realmente ampliando o tamanho da nossa economia, da nossa potência no agro que nós poderemos sim cada vez mais melhorar o nosso país”, ressaltou.

Roma também destacou o Auxílio Brasil, que vai além de uma teia de proteção social e entrega para a população várias trilhas de emancipação, “estendendo a mão para essas pessoas para que elas possam também transformar a realidade que se encontram, que possam alcançar um emprego e, ao invés de perder o seu benefício, receba até um pouco mais do governo para estimulá-lo nessa nova caminhada para conquistar mais protagonismo na sociedade e melhor qualidade de vida para a sua família”.




Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA