Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display



404

Página não encontrada

Início


O Lucro do Banco de Brasília cresceu 328% em sete anos. Destaque do último balanço de 2021 ficou com a carteira de crédito, que chegou a R$ 20,7 bilhões



O lucro líquido de R$ 433 milhões alcançado pelo Banco de Brasília (BRB) nos primeiros nove meses de 2021 representa um crescimento de 328% em sete anos. Esse é o maior montante já registrado em balanços da instituição financeira desde 2015.

Se comparado com o mesmo período do ano anterior, em 2021 o resultado gerado entre os meses de janeiro e setembro foi 38,1% maior. O lucro líquido é a soma dos resultados operacional e não operacional da instituição após o desconto de impostos e participação nos lucros. É o quanto sobra de tudo que a instituição arrecada e gasta para manter seu funcionamento.

Em 2015, o resultado acumulado do banco nos primeiros nove meses do ano foi de R$ 101,8 milhões. Em 2016, esse valor aumentou 50,1% e atingiu R$ 152,9 milhões. Nos ano seguintes, o Banco de Brasília seguiu acumulando alta de, em média, 21% de um ano para o outro (veja a tabela abaixo).

Segundo o banco, o desempenho é resultado do aumento da quantidade de negócios, expansão da carteira de crédito, ampliação da margem financeira, maior relacionamento com os clientes e melhora na eficiência operacional.

O destaque do último balanço da instituição ficou com a carteira de crédito, que chegou a R$ 20,7 bilhões, saldo positivo de 42,1%, e o aumento da receita de prestação de serviços bancários, que cresceu 12,4% no acumulado de 2021 frente ao mesmo período de 2020. A evolução nas rendas vinculadas à administração de recursos cresceu 113,3%, e o aumento das receitas vinculadas a vendas e transações com cartões de crédito foi 42,2% maior, informou o banco.

Também se destacaram o crédito imobiliário, o financiamento à pessoa jurídica, o crédito rural e o crédito consignado. Esse último, por exemplo, cresceu 24,2% em 12 meses, atingindo saldo de R$ 9,7 bilhões.

Considerando o Nação BRB FLA, o banco digital com parceria estratégica com o Flamengo, a base do BRB atingiu, até setembro, a marca de 3 milhões de clientes, somados os segmentos de pessoa física e pessoa jurídica. O crescimento é de 306% em relação ao ano passado. À época, o BRB possuía 738 mil clientes.
Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA