Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display







IESB

404

Página não encontrada

Início


Força-tarefa conjunta do Governo do Estado com a Prefeitura chega ao quarto dia com maquinários ampliados e primeiras obras emergenciais definidas

Fotos: Glauber Carvalho.

A força-tarefa iniciada na madrugada de terça-feira pelo Governo do Estado, em conjunto com a Prefeitura de Petrópolis, retirou, até esta sexta-feira (18/2), 15 mil toneladas de resíduos, como entulhos, lama, barro, vegetação e veículos. O secretário de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, se reuniu com o vice-prefeito e secretário de Obras do município, Paulo Mustrangi, para traçar as novas ações.

Até o fim de quinta-feira, já haviam sido retirados das vias mais de 150 automóveis e três ônibus. Mais de 200 maquinários enviados pelo governo do estado estão em operação na cidade, nas seguintes localidades: Estrada da Saudade, Comunidade Vitória, Batailard, Vila Felipe, Coronel Veiga, Curva do S, Centro Histórico, Correias, Castelândia, Morin de Baixo, Morin de Cima, Alfredo Batista e Rua Teresa.

A operação conta com 46 retroescavadeiras, 61 caminhões, 8 escavadeiras hidráulicas, 37 picapes, 26 caminhões pipa, 14 vacaal, 8 bobcats, 5 munks, 13 pranchas e seis vans. As atividades continuam ao longo do fim de semana. Participam da força-tarefa: as secretarias de Infraestrutura e Obras, das Cidades, de Ambiente, Agricultura e da própria prefeitura, além da Cedae e Águas do Rio.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Obras, um levantamento técnico elaborado por engenheiros do estado em conjunto com a prefeitura já identificou as primeiras obras emergenciais a serem realizadas no município.

- O Governador Cláudio Castro já autorizou um investimento imediato de R$ 150 milhões para realização de cinco obras que são necessárias e têm caráter imediato. Estamos preparando o projeto básico que será concluído nos próximos dias. Depois disso, iremos elaborar em parceria com a prefeitura os projetos das obras estruturantes que não necessárias, mas não são consideradas emergenciais - concluiu Lemos.
Conheça o portal FOCO NACIONAL: foconacional.com.br
Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA