Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display



404

Página não encontrada

Início

As belezas naturais, como os rios, matas e animais raros do Santuário do Caraça chamam a atenção de quem visita o local, situado entre os municípios de Catas Altas e Santa Bárbara, em Minas Gerais. Porém, a sua rica gastronomia também é uma atração à parte, já que os turistas podem se deliciar com o clássico pudim de gabinete, pães, bolos, doces e queijos, que são algumas das iguarias que promovem uma experiência inesquecível ao paladar.

O gerente geral do complexo, Márcio Mol, descreve o cardápio como 'maravilhas gastronômicas do Caraça. "O espetáculo de sabores, texturas e aromas que encantam os turistas, se justifica pelas receitas históricas e únicas do local, como exemplo, o pudim de gabinete, uma receita antiga e tradicional do Santuário que está em um livro raro guardado na nossa biblioteca, datado do ano de 1834. Além de ser uma sobremesa saborosa, chama bastante a atenção, também, pela sua simplicidade, já que é feito com biscoitos champanhe, doce de cidra, doce de banana, mamão em calda e outros ingredientes deliciosos. Uma curiosidade, é que o nome, 'pudim de gabinete' veio do armário onde se guardavam os doces nos tempos em que não existia geladeira", comenta.

Há um pão que faz parte da história do Santuário do Caraça e que pode ser degustado até hoje no local. "Antigamente, nos momentos de festa no Colégio do Caraça, o Brocojó, pão feito de farinha de trigo, açúcar e outros itens, era assado com uma fava de feijão dentro, e então, usado para fazer um sorteio entre os oito alunos que dividiam cada 'quadrado' da mesa coletiva. O aluno que saía com a fava se tornava o 'rei do quadrado' e ganhava algumas vantagens com isso, como poder ser o primeiro a servir a refeição e até se sentar à mesa dos padres e professores", conta Mário Mol. 

Os turistas ainda podem se deliciar com outras variedades da gastronomia do Santuário do Caraça, como o Pão de Ora-pro-nobis e o queijo. "É muito comum as pessoas conhecerem o Ora-pro-nobis como complemento nas refeições do almoço. Mas, no Caraça temos há muitos anos o pão que exibe as folhas verdes rasgadas no meio da massa, com um sabor muito elogiado pelos turistas. Sem falar dos queijos da Fazenda do Engenho, que fazem parte do complexo do Caraça e da história do local. Para completar o cardápio, pão de queijo, com queijo do Caraça, bolos, quitandas, como os biscoitos de maracujá, café, polvilho e a rosquinha de nata e pães, como o de cacau com ganache de chocolate, castanha e nozes. Uma variedade tipicamente mineira para todos que vierem", conclui.

Sobre o Santuário do Caraça

Com mais de 12.000 hectares, a RPPN Santuário do Caraça foi reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, no ano de 1955, quando passou a fazer parte do rol de bens tombados pela União. Também integra a área destinada às Reservas da Biosfera da Serra do Espinhaço e da Mata Atlântica, reconhecidas pela UNESCO em 2005.

O passado histórico da RPPN – Santuário do Caraça é peculiar, pois uma área excepcional de 12.403 hectares foi mantida em posse de apenas dois proprietários, o Irmão Lourenço de Nossa Senhora e a Congregação da Missão, por mais de 240 anos. A área da Reserva foi constituída pela fusão de quatro propriedades: a original, adquirida pelo Irmão Lourenço por volta de 1770, na qual se acham as edificações principais do Caraça; a Fazenda da Chácara, comprada em 1823, cuja antiga sede não mais existe e que foi, durante muito tempo, o celeiro do Colégio, no antigo caminho de Catas Altas; a Fazenda do Engenho, comprada em 1858, localizada nas proximidades da Portaria de acesso à Reserva; e a Fazenda do Capivari, doada pelo Coronel Manoel Pedro Cotta e por sua esposa, que, por não terem descendentes, legaram sua propriedade ao Caraça em 1870.

Hoje, turistas de todo o mundo visitam o Santuário do Caraça anualmente, seja para momento de descanso, lazer ou pesquisa ambiental e contato com a religiosidade. O local é reconhecido pela sua hospitalidade, tanto que já recebeu por duas vezes, em 2020 e 2021, o selo Traveller Review Awards, da Booking.com, que premia os hotéis mais bem avaliados pelos viajantes de todo o planeta, além da chancela Travellers' Choice 2020, do Tripadvisor, que destaca as avaliações positivas dos visitantes que passaram pelo destino turístico.

Santuário do Caraça

Local: Estrada do Caraça, Km 9 - Entre os municípios de Catas Altas e Santa Bárbara -

CEP 35960-000

Fácil acesso pelas rodovias BR 381 e MG 436, além do cômodo acesso por trem

(Estação Dois Irmãos - Barão de Cocais)

Taxa entrada:

R$ 20 (em dias de semana)

Finais de semana, feriados e datas comemorativas: R$30 (por pessoa)

Idosos: 50% de desconto

Moradores de Barão de Cocais, Catas Altas e Santa Bárbara:

R$10 por pessoa (qualquer dia)

Entrada gratuita na 1ª quarta-feira de cada mês (mediante agendamento)

Site com opções de hospedagens: www.santuariodocaraca.com.br   

Reservas: centraldereservas@santuariodocaraca.com.br   

Instagram: @santuariodocaraca

 

Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA