Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display







IESB

404

Página não encontrada

Início


O estudo aborda novos alvos proteicos na Degeneração Macular relacionada à Idade (DMRI).

O oftalmologista Bruno Coronado, ex-fellow do CBV-Hospital de Olhos, ganhou destaque após ter um artigo publicado na Frontiers, uma das maiores e mais citadas editoras do mundo. Com o título "Novos possíveis alvos proteicos na DMRI neovascular: um estudo piloto”, o artigo completo está disponível para download gratuito, em inglês, no site da revista.  

 A doença pesquisada, apesar de pouco conhecida pela população em geral, está entre as principais causas de cegueira em todo o mundo. Por esta razão, o Dr. Bruno não esconde a alegria em ter seu artigo aceito e disponível em uma publicação com respaldo científico internacional. "Fico satisfeito e agradecido em poder contribuir, mesmo que de forma preliminar, com o tema”, comentou.  

 Cerca de 25% dos pacientes com DMRI neovascular não respondem bem ao anti-VEGF, considerado o grupo de medicação padrão-ouro para o tratamento. De acordo com Bruno Coronado, a pesquisa foi justamente para buscar outras proteínas que também pudessem justificar essa resistência.  

Com uma técnica chamada espectrometria de massas, o médico-pesquisador explica que pôde analisar todo o perfil protéico de um grupo de pacientes resistentes ao anti-VEGF e comparar prospectivamente com um grupo de pacientes bons respondedores e com outro grupo controle. "Encontramos 2336 proteínas, sendo 185 com significância estatística para distinguir cada um desses grupos analisados entre si”, explica Coronado.  

O estudo fez parte do mestrado do médico no programa de Pós-Graduação da UnB e a publicação teve participação decisiva da bióloga Profa. Dra. Aline Martins e do oftalmologista Prof. Dr. Marcos Ávila, sendo oficialmente composta por 09 pesquisadores das seguintes instituições: Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília (UnB), Laboratório de Bioquímica e Química de Proteínas do Instituto de Biologia da Universidade de Brasília (UnB), Faculdade de Medicina do CESMAC/Maceió- AL, Faculdade de Medicina do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás (UFG) e Centro Brasileiro da Visão - CBV Hospital de Olhos/DF.

Frontiers 
A Frontiers é uma editora de periódicos científicos de livre acesso. Todos os artigos são revisados por pares em conselhos editoriais e já conta com mais de 100.000 pesquisadores renomados. 

 Atualmente, a editora cobre mais de 900 disciplinas acadêmicas e é uma das maiores e mais citadas editoras do mundo. Até o momento, os artigos da editora receberam mais de 1 bilhão de visualizações e downloads e 1,6 milhão de citações.
Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA