Atenção, comunidade de Porangatu! A Secretária de Educação de forma transparente vem a público informar: Os professores de Porangatu estão em greve, exigindo 33% de reajuste, o que causaria um desiquilíbrio financeiro em Porangatu


O recurso do FUNDEB é de 30 milhões de reais e o município complementa com 8 milhões de recursos próprios e junto a outros fundos da educação totaliza 47 milhões de investimento, 100% aplicados na educação.

Os  técnicos do município de Porangatu,  realizaram um estudo no orçamento e surgiu uma contraproposta de 13%. O impacto comprometeria 50 milhões dos 47 milhões de todo orçamento anual, ficando negativado em 2.769.000,00 milhões.

Esse reajuste causaria um desequilíbrio financeiro, o que não pode ser permitido! Foi oferecido 10% de aumento.  A educação é um dos instrumentos principais para o desenvolvimento humano, educadores, não deixem as crianças fora das salas de aula.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Canaã Telecom