Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display





IESB

404

Página não encontrada

Início
A alagoana Maria José da Silva Dias e a filha Fátima Pérola Neggra


Artigo escrito pelo jornalista Walter Brito

Embora há quatro décadas morando em São Paulo, a afrodescendente e cabo da gloriosa Polícia Militar de São Paulo, cotada para vice do presidenciável do PROS Pablo Marçal, é filha da alagoana de Água Branca Maria José da Silva Dias, e seu avô paterno, pai de seu genitor Júlio Sousa Santos, nasceu no Pelourinho em Salvador no dia da Bahia, o 2 de Julho, portanto, tão baiano como Rui Barbosa, Jorge Amado, ACM e Gabriela. Fátima, que almeja morar no Palácio Jaburu em Brasília, como diria o escritor Lair Ribeiro, preparou-se para a hora certa, pois é formada em Gestão de Negócios (FATEC MAUÁ) e pós graduação em Políticas de Prevenção à Violência, Direitos Humanos e Segurança Pública. Não é especialista em inglês, mas não passa aperto quando faz suas viagens para o exterior e se vira com o básico. Cabo da gloriosa Polícia Militar, ela tem a vantagem de poder se filiar às vésperas do pleito eleitoral.

Três gerações e mais semelhanças: Dona Maria Silva, a neta mais velha Paloma Santos de Souza Chiarella Xavier, 35 anos (idade do Pablo) e Fátima Pérola Neggra


Foi assim quando disputou a eleição de vice-governadora em São Paulo, quando sua chapa obteve 750 mil votos, ocupando o quinto lugar entre as doze chapas que concorreram em 2018, ocasião em que João Doria venceu o pleito.

Fátima Pérola Neggra entre este jornalista Walter Brito (PROS/SP), sou pré-candidato a deputado federal pelo Estado de São Paulo e Jorge Coutinho, 87 anos e pré-candidato a deputado federal pelo PROS no Rio de Janeiro


Segundo diversos cientistas políticos, a mulher negra é a protagonista da pandemia e da eleição cujo primeiro turno será disputado no dia 2 de outubro, pois 70% dos 666 mil brasileiros que perderam a vida são afrodescendentes. Logo, a mulher negra foi a psicóloga da maioria das famílias que perderam a vida para a Covid-19, pois o homem no momento da perda de um ente querido não tem a mesma força da mulher.


Que o destino abençoe e sele compromisso com a dupla Pablo e Fátima a favor do Brasil, Maktub!


Esta mesma mulher negra, que na maioria das vezes é esposa de um trabalhador braçal na cidade ou na zona rural, de um pequeno comerciante, ou um taxista; quando seus esposos diminuíram seus ganhos na pandemia, perderam seus empregos, ou seus negócios faliram, foram elas: faxineiras, empregadas domésticas, cozinheiras, cabeleireiras, enfermeiras, entre outras que ajudaram a colocar comida na mesa de seus lares e, muitas vezes, sozinhas. Por isso entendemos que Pablo Marçal está no rumo certo ao responder este escriba da política nacional na entrevista coletiva do último 14 de março, de que está em busca de uma mulher negra para ser sua vice, com mais ou menos 53 anos, divorciada e de preferência nordestina. Fátima tem 54 anos, é divorciada, filha de nordestinos e boa de votos. Maktub!
Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA