Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display





IESB

404

Página não encontrada

Início

Evento ofereceu atualização e networking para participantes de 55 países


Ponto de encontro dos profissionais especialistas em suínos, o IPVS2022, que ocorreu entre os dias 21 e 24 de junho, no RioCentro, Rio de Janeiro, terminou suas atividades comemorando o sucesso da edição.

Após uma maratona de 30 horas de conteúdo técnico, 2.127 congressistas de 55 países tiveram acesso aos conteúdos de 49 palestrantes em 26 sessões técnicas, 120 apresentações orais de trabalhos científicos e 335 pôsteres expostos. “O sucesso desse evento é um presente para nós, mas não é uma surpresa. Digo isso pois, desde a ideia inicial até a concretização desse projeto, foram 10 anos de trabalho sério e de comprometimento de todo o comitê que compôs a área científica e organizacional do IPVS2022”, ressaltou a presidente do evento Fernanda Almeida.

Ela relembrou que a edição brasileira do evento, que retornou ao Brasil após 34 anos, teve momento memoráveis. “Foram muitas emoções desde a abertura do IPVS2022. Em um formato inovador, com temas relevantes desde o Pré-Congresso contamos com grande adesão do público e ficamos muito satisfeitos”, disse. “O evento foi construído com grande compromisso e dedicação da equipe que deu o ‘sangue com muita raça’. Fomos apoiados desde o início pelo board internacional da IPVS com uma ação conjunta, com ‘várias mãos’ unidas em torno de um mesmo ideal: fazer o melhor evento para ficar na história da suinocultura. Atingimos, assim, nosso objetivo, que foi o de promover uma troca de conhecimento, atualização e muito networking”, destacou.

De acordo com Fernanda, o IPVS2022 recebeu colegas de profissão vindos dos cinco continentes, ávidos por compartilhar e absorver conhecimento. “Nossos palestrantes, escolhidos criteriosamente, abrilhantaram o evento e entregaram a vanguarda do conhecimento técnico e científico da suinocultura e nossos expositores deram um show de design e simpatia, mostrando as últimas novidades e soluções para o setor”, enalteceu Fernanda.

Para o diretor de Relações Institucionais do IPVS2022, diretor Executivo de Agropecuária e Sustentabilidade da JBS/Seara e Presidente do Sindicarne, José Antônio Ribas, o IPVS2022 foi um sucesso. “Apresentamos para o mundo que o Brasil faz uma suinocultura com muita competência, responsabilidade, qualidade e sustentabilidade. Isso ficou demonstrado na organização do evento, na quantidade de trabalhos inscritos e mostramos que implementamos muita ciência em nossa atividade”, apontou. “Fizemos muitas inovações no evento e uma delas foi a realização do bloco de agronegócio dentro de um evento com uma característica bastante técnica e científica. São mundos completamente conectados. A ciência precisa de produção e a produção precisa da ciência e trouxemos estes dois mundos para o mesmo meio ambiente. Isso foi muito saudável e um grande aprendizado”, acrescentou.

De acordo com Ribas, o IPVS2022 mostrou que o Brasil está integrado em todos os seus conceitos para a gestão de uma suinocultura que vai atender o quesito que foi amplamente debatido no Rio de Janeiro: mudança de relação das pessoas com o alimento e do alimento com o planeta. “Conseguimos mostrar que estamos preparados para essa transformação. O IPVS2022 foi um sucesso de público, de discussão, de debates e de abordagem e será um divisor de águas para a suinocultura brasileira”, acrescentou.

 

Plataforma inovadora

Uma das inovações desta edição foi o evento híbrido. Pela primeira vez, o IPVS pôde ser acompanhado online e de maneira bastante realista graças ao desenvolvimento de um ambiente 360º do RioCentro, em tamanho e características reais. Os estandes parceiros foram reproduzidos do físico para o digital, possibilitando uma experiência imersiva, conexões, networking e levando o IPVS2022 do Brasil para o mundo com muita tecnologia e conteúdo.

 

Celebração da cultura brasileira

A noite da quinta-feira foi marcada pela realização de uma festa tipicamente brasileira, que promoveu um momento de celebração e confraternização entre os participantes do evento, 40% proveniente de outros países. A festa contou com um show de músicas e danças típicas do Brasil e comidas que fizeram referência ao cardápio das festas juninas.

 

Programação técnica

Na manhã desta sexta-feira, além das palestras no último dia, foram realizadas apresentações orais e sessões de posters. A programação do IPVS2022 seguiu com a realização de mais quatro sessões de palestras que abordaram casos clínicos, imunologia e vacinologia e segurança alimentar, com foco em parasitas.

Trabalhos científicos vencedores

No encerramento do evento foram anunciados os trabalhos científicos vencedores do IPVS2022 e os quatro destaques: Franciéli Adriane Molossi, com o trabalho “PCV-3associated disease in neonatal pigles in Brazil”; Jasmine Hattab com “Artificial Intelligence and Slaughtered Pigs: a promising affair”; Wei-Tao Chen com “Construction and Stable Expression of Mammalian Cell-based Secretory Classical Swine Fever Virus Envelope Glycoprotein E2 to Enhance Antigenicity and Performance of Enzyme-linked Immunosorbent Assays”; e Cipriano de Abreu com “Mycoplasma hyorhinis detection in dams and piglets during lactation”.


Alemanha 2024 e Bankgok 2026

O desafio já está lançado. Os próximos passos do IPVS já têm data e locais agendados. A sede do evento será Leipzig, na Alemanha, em junho de 2024. Já para a sequência do IPVS, em 2026, a Assembleia Geral indicou a cidade de Bangkok, na Tailândia como sede do congresso.

 

Somando forças com o IPVS2022

O IPVS2022 contou com o apoio das principais entidades da suinocultura brasileira, como: Associação Brasileira de Veterinários Especialistas em Suínos (Abraves), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Suínos e Aves, Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Associação Brasileira das Empresas de Genética de Suínos (ABEGS), Sindicarne-SC e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O IPVS2022 tem como Partner as empresas Boehringer-Ingelheim, Farmabase, Hipra, MSD e Zoetis. Na categoria Supporter, temos a presença da Ceva e Elanco. As empresas Agroceres PIC, Biofarma, DB-Dan Bred, Idexx, Ourofino, Pharmacosmos, Sanphar, Trouw Nutrition, Vetanco e Virbac formam o grupo dos patrocinadores Platinum e no grupo Gold temos Crystal Spring, Magapor, Microvet, Phytobiotics, Thermo Fisher, Tonisity, VetScience, Vetoquinol, Lanxess, BioChek e Apha Scientific. Além destas, as empresas Adisseo, Boehringer-Ingelheim e ICC patrocinam o Pré-Congresso do IPVS2022.

O evento teve como parceiros de mídia os veículos 333 Brasil, 333 Internacional, Academia Suína, Ediciones Pecuarias/Acontecer Porcino, Engormix, Feed & Food, Maiz Y Soya, MAP, O Presente Rural, Pig Progress, Piscishow e Avisuleite, Suíno Brasil, Suino.com, Suinocultura Industrial, SuiSite, Veterinária Digital e Globo Rural.

 

Mais informações: www.ipvs2022.com


Sobre a IPVS

A IPVS – International Pig Veterinary Society é uma associação de especialistas em sanidade e produção suína. Foi fundada em 1967, e já realizou outras 25 edições deste importante evento.

De acordo com a IPVS, os seus objetivos são: realizar congressos internacionais para a troca de conhecimentos relacionados à sanidade e produção suína; formar médicos-veterinários especializados em suinocultura em todos os países produtores de suínos, bem como promover cooperações entre as entidades produtoras.

Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA