Coleta seletiva no local de trabalho pode ajudar o meio ambiente

O descarte correto dos resíduos contribui com o meio ambiente diminuindo a quantidade de lixo e gerando reaproveitamento de materiais reciclados

Por Lorrane Gomes

Foto: Liliane Alves.

Com o retorno ao trabalho presencial, algumas empresas voltaram com as campanhas da coleta seletiva, que consiste em fazer o descarte dos lixos em seu devido lugar, facilitando o processo de separar os resíduos sólidos para posteriormente fazer reciclagem ou reuso, reduzindo o impacto ambiental.

O Brasil produz, atualmente, cerca de 228,4 mil toneladas de lixo por dia, segundo a última pesquisa de saneamento básico consolidada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A coleta seletiva e o descarte correto dos resíduos proporcionam a diminuição da poluição, economia no consumo de energia e água, diminuem os gastos com a limpeza urbana e geram renda para quem trabalha com a comercialização dos recicláveis.

A Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, empresa pública vinculada ao Ministério da Infraestrutura, adotou as campanhas internas para relembrar as boas práticas do correto descarte dos resíduos que são gerados no ambiente de trabalho. São disponibilizadas quatro lixeiras de cores diferentes para cada tipo de resíduo em todos os andares e mais uma adicional para pilhas e baterias, localizada no Almoxarifado.

Campanha de divulgação
A gerente da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da empresa Ana Marcia Pechir, responsável pela divulgação da campanha, declara: “Divulgamos periodicamente todos os pontos do nosso Plano de Logística Sustentável, com especial atenção à coleta seletiva, a fim de conscientizar nosso público interno quanto ao correto descarte de resíduos e, quem sabe, contribuir para uma mudança comportamental que extrapole o ambiente de trabalho”. O objetivo da campanha é tornar o local de trabalho ambientalmente sustentável e contribuir com o meio ambiente.

Para a Engenheira Ambiental Ana Carla Alves, a divulgação da coleta seletiva é um importante mecanismo de informação e sensibilização das pessoas quanto aos impactos que os resíduos sólidos causam ao meio ambiente e quanto a importância de separar esses resíduos. “Estando informadas e sensibilizadas, há uma maior probabilidade das pessoas aderirem à prática da coleta seletiva”.

A empresa possui um Plano de Logística Sustentável (PLS), uma ferramenta de planejamento com objetivos e responsabilidades definidas que permitirá estabelecer práticas de sustentabilidade e racionalização dos gastos e dos processos administrativos. No tema 2 são estabelecidas ações relacionadas à coleta seletiva, bem como, metas e indicadores que permitem avaliar a efetividade das ações.

Ainda, o PLS atentou para o Decreto 5.940/2006 que estabelece a separação dos resíduos recicláveis descartados pelos órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta e a destinação para associações e cooperativas dos catadores de materiais recicláveis.

A funcionária da Valec Isabela Carvalho diz que, com a coleta seletiva no ambiente de trabalho, ela conseguiu ter um incentivo a mais para contribuir com o meio ambiente. “A campanha da coleta seletiva acaba incentivando os funcionários a jogarem os lixos em suas respectivas lixeiras contribuindo com a reciclagem e tornando o planeta um lugar melhor”, completa.




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem