Melhoria da rentabilidade tem se apresentado como a maior vantagem do uso de drones no campo

O uso de drones gera otimização de processos, aumento da produtividade e diminuição de impactos causados por outras tecnologias que já são utilizadas no agronegócio



Os drones ganharam espaço no campo através da utilização de inteligência artificial e machine learning aplicada à agricultura de precisão. O resultado é a otimização de processos, aumento da produtividade e diminuição de impactos causados por outras tecnologias que já são utilizadas no agronegócio.

De acordo com o Gerente Comercial da EAVISION, empresa global de drones, com atuação em nível mundial, Guilherme Augusto Cordeiro Pazini, a tecnologia utilizada vem proporcionando redução de custos com defensivos agrícolas, acarretando também em menores impactos ambientais integrados à aplicação localizada, agindo pontualmente no problema identificado. “Ela também garante maior uniformidade na aplicação, segurança para pessoas que trabalham com defensivos, agilidade na operação e dados da aplicação, permitindo maior controle e assegurando o bom uso dos agentes químicos”, destaca. 

O drone para pulverização pode ser utilizado em locais onde se tem dificuldade para acesso trazendo mais segurança para as pessoas envolvidas na operação. “Esses equipamentos podem ser utilizados para pulverização de aceiros ou entrar na lavoura quando a cultura já está estabelecida sem acarretar perdas por pisoteio”, diz Pazini. “Muitas vezes podemos utilizar o drone para pulverização com intuito de controlar reboleiras de plantas resistentes, através da aplicação localizada. Assim, obtemos um resultado mais eficiente e com menor custo”, afirma.

Uso de drones no processo de irrigação, identificação de pragas e doenças

Com maior agilidade, precisão e qualidade nas aplicações, economia em áreas com real necessidade, diminuição de danos e perdas ocasionados pelo amassamento por pneus de tratores e implementos na lavoura, e a redução de risco de exposição dos aplicadores aos produtos utilizados, o uso de drones ganha cada vez mais importância e destaque no agronegócio brasileiro. Esta tecnologia já tem se constituído um diferencial na busca por rentabilidade e segurança no campo.

O gerente comercial da EAVISION Victor Agostinho destaca que o drone atua em área total ou localizada, após a identificação e classificação de pragas e doenças. “A aplicação localizada com drones é realizada após levantamento prévio das áreas de infestação de plantas daninhas ou doenças e pragas, atuando com o produto mais concentrado e pontual, garantindo assim maior eficiência na aplicação dos defensivos e diminuindo a possibilidade de impactos ambientais por resíduos”, detalha. 

Os drones atuam na produção de grãos, cana de açúcar, culturas perenes e hortifruti. “Com um sistema de bicos de pulverização tipo névoa CCMS, uma exclusividade da EAVISION, essa tecnologia proporciona uma melhor eficiência na aplicação, fazendo com que os produtos químicos cheguem com maior facilidade a pontos que não seriam possíveis com o sistema convencional”, aponta Agostinho. 

Novas culturas podem se beneficiar com o uso de drones

Com experts em cada área trabalhando em conjunto para melhor compreender as necessidades do campo e das pessoas que dependem dessa cadeia de produção, a tecnologia que envolve os drones agrícolas tende a crescer e se aprimorar para a automação e maior rendimento operacional. Eles também proporcionam uma análise mais detalhada dos problemas de campo e melhor aplicação.

Victor Agostinho explica que o investimento seria o mesmo que de um implemento agrícola, com diversos programas de incentivos financeiros, com bancos e cooperativas, para estimular a aquisição e utilização dessa tecnologia. “O uso do drone se aplica a todos os tipos de necessidades e tamanhos de área, o mais importante nesse aspecto é o conhecimento sobre a tecnologia e como utilizá-la a seu favor”, relata. “Os drones são de operação automática a partir de um plano de voo pré-aprovado e importado para o equipamento pelo piloto que, durante a operação, deve estar atento a todos os movimentos da aeronave, conforme legislação”, diz.

Ele conta ainda que, para auxiliar na operação os drones são equipados com sistema de radar, lidar e ultrassônico e, além disso, os drones da EAVISION possuem o sistema de visão binocular e inteligência artificial para o desvio de obstáculo de forma automática, o que traz mais segurança e agilidade na operação. “Os drones vem ganhando espaço no mercado pela tecnologia e autonomia que possuem. Cada vez proporcionando inovações para garantir um uso correto de produtos químicos na agricultura”, conclui.

Sobre a Eavision

A Eavision foi fundada em 2016 e entrou no mercado brasileiro em 2022. Com percepção visual binocular e controle autônomo de inteligência artificial como tecnologia principal, desenvolve e fabrica robôs e aeronaves remotamente pilotadas inteligentes, adequadas para ambientes complexos ao ar livre. O algoritmo de inteligência artificial é a principal vantagem da tecnologia exclusiva da empresa.

A equipe de pesquisa e desenvolvimento da empresa é liderada por especialistas em controle automático de renome mundial. Atualmente, possui 53 patentes de invenção, 60 patentes de modelo de utilidade e 17 PCTs.

A pesquisa e desenvolvimento e aplicação da tecnologia de visão binocular 3D resolvem o problema da visão binocular. Visão em ambientes externos complexos, fantasmas em aplicações práticas, interferência/reflexo da luz solar, computação de alta velocidade, calibração em tempo real e outros problemas comuns de classe mundial. A empresa desenvolveu e expandiu equipamentos de máquinas inteligentes e softwares aplicados em diversas áreas e cenários, envolvendo agricultura, energia elétrica, identificação de obras, tratamento médico e transporte ferroviário, etc. Entre eles, a mecanização e inteligência de cenários agrícolas são o foco principal da Eavision atualmente. Ao mesmo tempo, a empresa desenvolveu de forma independente o único sistema comercial de detecção de emasculação de milho do mundo.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem