Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display









404

Página não encontrada

Início

Crédito: divulgação/Instituto Positivo


Nove municípios de duas regiões do estado trabalham em regime de colaboração e ganham destaque em publicações sobre Educação Pública

O Piauí se destaca quando o assunto é Arranjo de Desenvolvimento da Educação (ADE). O estado possui dois ADEs: o GE5, no sudeste, e o GE4, no centro-sul piauiense. A história de cada um dos Arranjos está sendo contada em dois e-books com o objetivo de inspirar a realização de trabalhos colaborativos entre municípios de uma mesma região em prol da melhoria dos indicadores educacionais. Ao todo, serão lançadas 13 publicações com a trajetória dos primeiros ADEs brasileiros.

A sexta publicação da série resgatou a história do ADE GE5, ou seja, Grupo Educacional de 5 municípios, que começou em 2015 com a participação dos municípios de Barra D'Alcântara, Elesbão Veloso, Francinópolis, Várzea Grande e Tanque do Piauí, que, devido à mudança de gestão municipal, ocorrida em 2021, não faz mais parte do ADE.

A partir de um diagnóstico do cenário educacional nos municípios foi definido o propósito do Arranjo, que é a melhoria da educação pública com qualidade social e equidade, e a meta, que é melhorar os indicadores do Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb), nos anos iniciais e finais, para 6 pontos, alinhada ao Plano Nacional de Educação e aos Planos Municipais de Educação. Apesar de ainda não ter alcançado sua meta, o ADE GE5 já colhe resultados relevantes, como o avanço do Ideb, que passou de 3,7 em 2015 para 4,7 em 2019.

Os dirigentes municipais de Educação trabalham na formação continuada de professores para fortalecer e melhorar os indicadores internos das redes e os resultados nas avaliações do governo federal. Como ferramenta de diagnóstico da qualidade do ensino e da aprendizagem, e também, como instrumento de gestão foi implantada a Prova GE5, que avalia o conhecimento dos alunos em Língua Portuguesa e Matemática, e prepara os de 3.º, 5.º e 9.º anos para as avaliações externas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). A prova possibilita ainda implementar políticas de valorização da qualidade da educação de acordo com a particularidade de cada unidade escolar.

Entre os projetos criados pelo ADE, destaque para os Jogos Estudantis, que se tornaram a maior competição esportiva estudantil dos territórios do Vale do Sambito e do Vale do Rio Canindé. Além de reforçar a função pedagógica do esporte, promove o bem-estar social, eleva a autoestima dos alunos, democratiza algumas práticas esportivas, engaja, dá visibilidade e impacto na sociedade local.

O ADE GE5 também serviu de inspiração para a implantação do ADE GE4, que é destaque no décimo primeiro e-book da série. Em 2017, os dirigentes municipais de Educação (DME) de Arraial, Cajazeiras, Francisco Ayres e Santa Rosa do Piauí se reuniram pela primeira vez para uma formação da plataforma Conviva, pois todos eram novos no cargo e buscavam conhecimento e apoio mútuo. A troca de experiências mostrou que o trabalho em conjunto poderia ser um caminho promissor na missão da gestão municipal da educação.

A motivação veio de Antonio Silva, então secretário municipal de Tanque do Piauí que, em 2014, havia implantado o ADE GE5. Antonio passou a ser articulador entre os DME na região, encorajando-os a firmarem o acordo de implantação do Arranjo. E assim nasceu o segundo ADE do estado do Piauí, que logo passou a integrar a Rede de Colaboração Intermunicipal em Educação.

2021 foi um ano emblemático ao ADE GE4, que formalizou a pactuação entre os DME e os prefeitos dos municípios, além de incorporar um novo integrante: o município de Regeneração. Outro avanço foi a seleção no edital do Programa Melhoria da Educação, do Itaú Social, o que permitiu ao Arranjo desenvolver o planejamento estratégico.

O ADE GE4 tem como missão articular, estimular, liderar e apoiar o trabalho colaborativo entre os cinco municípios para combater a desigualdade educacional regional, pensando o aluno de forma integral e como protagonista, Com isso, o Arranjo busca, nos próximos anos, ser referência em Educação pública de qualidade com equidade em níveis estadual e nacional.

As metas do GE4, a serem alcançadas até 2024, são: alfabetizar 100% das crianças com até 7 anos de idade; reduzir a distorção idade x série para 10%; alcançar 7 pontos no Ideb para os anos iniciais e 6 para os anos finais; implantar gestão democrática em 100% dos municípios.

De acordo com a dirigente municipal de Educação de Santa Rosa do Piauí e líder do ADE GE4, Janaina Freitas, o ADE tem como grande missão construir Educação de excelência no território. “O trabalho em equipe traz inúmeras vantagens e estímulo à inovação. As parcerias possibilitadas por meio do Arranjo, pelo programa Melhoria da Educação, são motivos de orgulho para todos os municípios e abrem precedentes para muitos avanços, sobretudo no fortalecimento das políticas públicas educacionais, e no aperfeiçoamento das nossas práticas de formação continuada”, destaca.

Cenário

Atualmente, 238 municípios brasileiros trabalham em 15 diferentes Arranjos, alcançando resultados importantes como diminuição da evasão, correção de distorção idade/série escolar, elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb), formação continuada e aprimoramento da grade curricular. Este ano, dois novos ADEs foram implantados.\ vf v

“Queremos apresentar o trabalho, os desafios e as conquistas dos municípios que atuam em Regime de Colaboração por meio dos ADEs. Esses e-books podem servir de inspiração para que outras regiões implantem o Arranjo e avancem na qualidade da educação nos municípios envolvidos. Temos histórias de sucesso para mostrar, e é o que faremos”, explica a coordenadora de Produção e Disseminação de Conhecimento e Comunicação no Instituto Positivo, Maria Paula Mansur Mäder.

O e-book ADE do ADE GE4 está disponível no site  conteudo.instituto.positivo.com.br/ebook-ade-ge4 e do ADE GE5 está disponível em conteudo.instituto.positivo.com.br/ade-ge5. As publicações vêm sendo lançadas seguindo a ordem cronológica de implantação dos Arranjos. Já foram publicados os e-books sobre o ADE Chapada Diamantina e Regiões, Noroeste Paulista, dos Guarás, Agreste Litoral Norte, Granfpolis, GE5, CoGemfri, Norte Gaúcho, Alto Turi e Território dos Balaios, que podem ser acessados pelo site do Instituto Positivo. A próxima publicação será do ADE Serra Catarinense, e por fim o ADERA, Arranjo da região dos Açaizais, no Maranhão. 

Instituto Positivo

O Instituto Positivo (IP) foi criado em 2012 para fazer a gestão do investimento social de todo o Grupo Positivo em favor da comunidade. A missão do Instituto Positivo é contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Pública do Brasil por meio do incentivo ao Regime de Colaboração. Para tornar isso possível, o IP incentiva e apoia a implantação de Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADE) em todo o país, desenvolve pesquisas e publicações sobre o tema e participa de discussões em instâncias como MEC, CNE, Senado e Câmara de Deputados a fim de contribuir em propostas de lei e resoluções que favoreçam esse modelo de Regime de Colaboração. O Instituto também é responsável pela gestão do Centro de Educação Infantil Maria Amélia, em Curitiba, que atende gratuitamente cerca de 100 crianças em situação de vulnerabilidade social. Para ter mais informações, acesse o site do Instituto Positivo: instituto.positivo.com.br

Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA