Mãos que transformam: costureiros se unem em trabalho voluntário de produção de artesanato para hospital SUS

Voluntários passam a contar com espaço fixo de trabalho e buscam doações da comunidade para continuar acolhendo pacientes e profissionais de saúde

Voluntários buscam doações de materiais para continuar acolhendo pacientes e profissionais de saúde
Créditos: Divulgação

Pano, agulha e disposição. É isso que move o trabalho de 40 voluntários de Curitiba, que fazem um simples tecido antigo virar artesanato. O grupo Mãos que Transformam iniciou suas atividades a distância, ainda durante a pandemia, com o objetivo de amenizar a rotina nos hospitais Universitário Cajuru e Marcelino Champagnat. Desde o início de junho, o trabalho de costura é realizado em um espaço fixo, no antigo Hospital Nossa Senhora da Luz, onde também ficam os ambulatórios do Hospital Universitário Cajuru. 

As atividades do grupo ganham ainda mais importância em datas comemorativas, como o Natal, Ano Novo, Páscoa e, também, nas que são voltadas à área da saúde. Em maio, por exemplo, os costureiros voluntários produziram mais de 1,2 mil necessaires para o Dia da Enfermagem. Para que as datas continuem a não passar em branco, o grupo conta com a colaboração da comunidade para doação de materiais como cola, grampeador, pincéis, fitas de cetim e tecidos. Toda doação pode ser entregue na rua Rockefeller, no bairro Rebouças.

O momento é de união, solidariedade e ajuda ao próximo. "Projetos como o 'Mãos que Transformam' vêm com esse propósito de mudar o dia de pacientes e profissionais da saúde por meio do artesanato. Reconhecer que o trabalho realizado gera frutos e traz alegria é força inspiradora e motivadora para darmos os próximos pontos. Mas, para essa ação não parar, precisamos da ajuda da comunidade com a doação de materiais para costura”, explica a coordenadora de pastoral e voluntariado dos hospitais, Nilza Brenny.

Serviço

Ação: Mãos que transformam

Material para doação: cola de tecido, cola branca, cola quente, pistola de cola quente, grampeador de estofados, grampos, pincéis (números 8 e 12), etiquetas, fitas de cetim, plumante, fibra siliconada, tecido tricoline e mostruário de estofados. 

Endereço: Rua Rockefeller, 1450 - Rebouças, Curitiba - PR, 80230-130

Outras informações: (41) 3271-2719


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem