Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display







IESB

404

Página não encontrada

Início

*artigo por Pércia Teixeira, Gerente Geral de HR Tech da NEO

Não são apenas as boas estratégias de marketing e vendas que garantem um resultado de excelência para o seu negócio. O employee experience (EX, ou experiência do colaborador) tem um papel fundamental, pois o engajamento do seu time pode ser determinante para o seu sucesso. Esse é um assunto que não pode ficar restrito aos manuais de Recursos Humanos, ainda mais no cenário atual, em que o estabelecimento das políticas de return to office estão em alta nas discussões entre gestores e funcionários. Com a concorrência acirrada no mercado de tecnologia, o maior bem que uma empresa do segmento tem é o seu capital intelectual e, por isso, é essencial dedicar esforços não só no recrutamento e na seleção de profissionais competentes e qualificados, mas na retenção destes. E isso, consequentemente, requer  investimentos em uma boa experiência para o colaborador, para que ele seja “fidelizado” e não te deixe por outras oportunidades ou salários.


Priorizar a jornada do colaborador precisa ser, em meu entendimento, o ponto central de uma estratégia de EX, pois isso é o que proporciona ao gestor mais assertividade para direcionar cada membro de sua equipe quanto aos rumos de sua carreira dentro da organização. Quanto mais efetivo for esse direcionamento,  maior  será a qualidade da gestão de pessoas, gerando uma relação que se retroalimenta e que traz benefícios a todas as partes envolvidas nos processos. Tenha sempre em mente que liderar um grupo de colaboradores satisfeitos torna mais fácil a condução dos processos e a implementação de políticas e diretrizes. E tão importante quanto, nunca se esqueça que a sensação de pertencimento possibilita uma melhor adequação do funcionário aos processos e atividades na rotina de trabalho.


Para estabelecer uma boa jornada do colaborador é preciso antes de tudo conhecer bem o seu negócio e ter bem definidos os seus propósitos, já que todas as ações precisam estar alinhadas aos objetivos da empresa. Por meio de uma estratégia baseada em EX, é possível aumentar o engajamento dos profissionais em múltiplas frentes, seja mediante a integração entre as equipes, seja operando mudanças de cultura ou comportamento, seja incentivando o aumento de produtividade ou, ainda, atuando na retenção de talentos. Contudo, para que a ação seja realmente benéfica, é necessário fazer o acompanhamento via RH e pautar os processos pela transparência, com o funcionário sempre a par dos próximos passos estratégicos da empresa e recebendo o devido acompanhamento quanto à sua evolução e ao cumprimento de metas.


Em outras palavras, se você deseja um time engajado e de alta performance, precisa investir em métodos e recursos que permitam gerar, coletar e analisar dados concretos - tudo que o EX pode proporcionar. Traçando um comparativo com o Customer Experience (CX), que requer o Cliente no centro, o EX funciona da mesma forma, mas com o colaborador no foco. É preciso priorizar pessoas para criar boas equipes, trazer bons resultados e gerar o engajamento genuíno de marcas ou serviços. Vale destacar que algumas das maiores empresas do mundo, como Google, Spotify e Nubank, só para citar algumas, adotam essa metodologia. Ao incorporar práticas de employee experience para conduzir a jornada do seu colaborador, você não só aumentará a produtividade e motivação, como também impulsionará a satisfação do seu Cliente (afinal, funcionários satisfeitos costumam fornecer boas experiências de atendimento, e equipes descontentes tendem a ser menos pacientes com os processos como um todo). E, de quebra, reduzirá os custos de recrutamento, de seleção e com um eventual turnover.


Os resultados de uma ação de EX com foco na jornada do colaborador se traduzem em um ambiente saudável, que estimula constantemente o desenvolvimento e impacta positivamente no engajamento e na motivação. E, mesmo que outras empresas tentem sequestrar um de seus talentos, o colaborador pensará duas vezes antes de tomar uma decisão, seja esta qual for. Em resumo, uma cultura alinhada entre os profissionais e a empresa resulta em projetos bem elaborados, participação ativa e preocupação com a satisfação do Cliente. E cabe ao gestor construir esse ambiente de trabalho estimulante, com oportunidade de brilho pessoal e coletivo.




Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA