LGBTQIAP+: RAPPER BRASILIENSE AMARO LANÇA VIDEOCLIPE COM CRÍTICA DIRETA À HOMOFOBIA




O Rap/HipHop do DF é conhecido pela sua forte identidade sonora e estética, tornando-se ao longo dos anos reconhecido nacionalmente como Rap/HipHop “Gangsta”. GAYNG$TA, novo single do rapper Amaro, é um neologismo e representa a fusão das palavras GAY + GANGSTA, fazendo assim uma alusão à presença da comunidade LGBTQIAP+ inserida na cena HipHop. 

O projeto GAYNG$TA chega com um videoclipe previsto para ser lançado no dia 30/09 às 12h no canal do Youtube do próprio artista. Com uma estética pop, o clipe é repleto de efeitos especiais, muitos figurinos, coreografia e uma produção grandiosa. Em GAYNG$TA, Amaro interpreta várias personas, trazendo muita crítica, humor e acidez em um discurso alinhado com a atualidade. 

A composição da faixa assinada por Amaro é repleta de expressões, frases e memes presentes na cultura queer e, ao mesmo tempo, faz referências a grupos de rap como RZO e DMN, que influenciaram a trajetória do artista.

Toda a equipe envolvida no Projeto - incluindo roteiristas, diretor, coreógrafo, dançarinos, designers e editor - é formada por Gays e essa decisão partiu do próprio Amaro ao perceber que a produção de artistas pertencentes à comunidade LGBTQIAP+ tem sido subestimada dentro do RAP, que ainda é uma vertente musical repleta de machismo e homofobia perpetuadas por boa parte dos envolvidos na cena. 

GAYNG$TA surge como resposta, formulando assim uma crítica direta à masculinidade tóxica, ao machismo e homofobia estrutural tão presentes não só na cena Hip-Hop, como em nossa sociedade no geral. Além disso, a obra é uma celebração a presença da comunidade LGBTQIAP+ dentro da vertente musical, representando a luta contra o silenciamento e o apagamento da produção artística de jovens periféricos e LGBTAQIAP+ na cena HipHop/Rap. 

Ouça o Single: onerpm.link/918714529359 

Redação

Repórter

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem