Suporte da Aviagen América Latina ao "Fundo JBS pela Amazônia" promove o crescimento sustentável do bioma

Seis projetos foram selecionados na primeira fase da iniciativa, além de sete na segunda rodada de aportes



CAMPINAS, Brasil – 27 de Setembro de 2022 – Há um ano, a Aviagen® América Latina efetuou uma doação de R$ 1,5 milhão para o Fundo JBS pela Amazônia, associação civil brasileira sem fins lucrativos dedicada a fomentar e financiar iniciativas que visam o desenvolvimento sustentável do bioma (área que contém a floresta amazônica, uma região de floresta tropical e outras ecorregiões que cobrem a maior parte da bacia amazônica e algumas áreas adjacentes).

As iniciativas do fundo se concentram na conservação e restauração florestal, biodiversidade dos ecossistemas da região, desenvolvimento comunitário e avanço da ciência e tecnologia. A contribuição da Aviagen será distribuída ao longo de três anos entre vários projetos. Agora, um ano depois, como parte do apoio da Aviagen, seis projetos importantes estão em andamento. “Esses projetos já estão promovendo melhorias no meio ambiente e na vida dos cidadãos da Amazônia, bem como criando oportunidades econômicas sustentáveis para a região”, disse o presidente da Aviagen América Latina, Ivan Lauandos.

São eles:

RestaurAmazônia: implementado em parceria com a ONG Solidaridad, o projeto visa apoiar 1.500 agricultores familiares na restauração de áreas degradadas via sistemas agroflorestais com cacau e promover boas práticas agrícolas na pecuária. O projeto segue um modelo de produção agropecuária de baixo carbono já testado e aprovado. A partir da nova etapa com o apoio do Fundo será possível escalar esse modelo. Conheça mais sobre a ONG: https://www.solidaridadsouthamerica.org/brasil/pt.

Programa Economias Comunitárias Inclusivas, nas Comunidades de Bailique e Beira Amazonas, no Amapá: fortalecimento da cadeia do açaí na região com a meta de em três anos deve promover ampliação da renda de 240 famílias locais, além da consolidação de um modelo de bioeconomia inclusiva, que pode ser usado para outras cadeias.

O projeto prevê a operação de uma fábrica para produção de polpa, a ampliação do portfólio de produtos de maior valor agregado e a construção de escolas e qualificação de jovens e mulheres para atuar na atividade.

O projeto vem sendo implementado em conjunto por diversas entidades como a cooperativa extrativista Amazonbai (https://www.amazonbai.com.br/), o Instituto Interelos (http://interelos.org.br/), IEB (http://iieb.org.br), Universidade Estadual do Amapá (http://www.ueap.edu.br/) e o Instituto Terroá (https://www.institutoterroa.org/).  

Pesca Justa e Sustentável: Em parceria com a ASPROC (Associação dos Produtores Rurais de Carauari): o projeto visa fortalecer a cadeia do pescado, através do apoio a uma embarcação para facilitar o beneficiamento, armazenagem e transporte do pescado obtido nas comunidades. Também estão previstas capacitação e consultoria técnica para as comunidades, com o objetivo de abrir novos mercados para as associações pesqueiras da região do Médio Juruá (AM). O projeto terá dois anos e deverá beneficiar 450 famílias, residentes em 55 comunidades ribeirinhas, com aumento de produção e renda. Acesse https://www.asproc.org.br/ para mais informações sobre a associação à frente do projeto.

Destravando Crédito para a Bioeconomia da floresta: em parceria com Instituto Conexões Sustentáveis (Conexsus), o projeto tem objetivo de facilitar o acesso do crédito rural para 2.500 famílias produtoras e extrativistas das cadeias da bioeconomia da floresta (castanha, açaí, pescado, madeira, óleos e resinas). Quinze cooperativas também receberão consultoria para financiamentos com condições facilitadas. Mais detalhes sobre o instituto: https://www.conexsus.org

AMAZ (Aceleradora & Investimentos de Impacto): primeira aceleradora amazônica de negócios com foco no impacto socioambiental de negócios da floresta. Comandada pelo Idesam (Instituto de Desenvolvimento da Amazônia), a Amaz fomentará a aceleração de 30 startups em cinco anos que serão apoiadas, além da capacitação e mentoria nos negócios.  Esse projeto estimula o fortalecimento desse ambiente empreendedor da cadeia da biodiversidade importante para a manutenção da floresta. Mais informações sobre a instituição: https://amaz.org.br/

Parceria Técnica com a Embrapa: a parceria propõe desenvolver pesquisas e tecnologias que aumentem o valor agregado dos produtos da floresta amazônica, como novas matérias-primas e ingredientes da bioeconomia. Também estão previstos programas para reduzir emissões no campo, monitoramento do desmatamento, inovação social   e desenvolvimento de tecnologias renováveis. https://www.embrapa.br/.

“Na Amazônia não é possível realizar nada sozinho. A parceria com entidades como Aviagen é fundamental para o Fundo na construção de alternativas mais sustentáveis na Amazônia”, destacou Joanita Maestri Karoleski, presidente do Fundo JBS pela Amazônia.

Projetos sustentáveis em andamento

O Fundo selecionou, recentemente, sete novas iniciativas que contarão com apoio financeiro para promover ações de preservação da floresta amazônica, melhorar a qualidade de vida das comunidades tradicionais e indígenas e incentivar o desenvolvimento científico e tecnológico do bioma. Ao todo, já são R$ 60 milhões comprometidos em 12 projetos apoiados em dois anos de funcionamento.

As novas iniciativas têm foco em ciência e tecnologia, sendo elas: Corredor sustentável do cacau; InovAmazônia – Ingredientes da Amazônia; Mãos Indígenas, Floresta em Pé; Proteínas da Amazônia; Projeto Pirarucu Sustentável; e Geoflora – Automação Florestal e Espacialização de Carbono – sendo os dois últimos as primeiras iniciativas da Parceria Técnica com a Embrapa.

De acordo com Ivan Lauandos, “A Aviagen e o Fundo JBS pela Amazônia compartilham a mesma paixão: ajudar a criar um futuro sustentável para as comunidades na América Latina e em todo o mundo. Nossa contribuição apoiará atividades sustentáveis na floresta amazônica – uma área que desempenha um papel vital na estabilização do clima global”, finalizou.

Sobre o Fundo JBS pela Amazônia

O Fundo JBS pela Amazônia é uma associação dedicada a fomentar e financiar iniciativas e projetos que visam ao desenvolvimento sustentável do Bioma Amazônico. A instituição é aberta a contribuições e parcerias de associações da iniciativa privada, terceiro setor e grupos multistakeholders. A JBS se compromete a igualar a contribuição feita a cada doação até atingir R$ 500 milhões. A meta é levar os recursos do Fundo a R$ 1 bilhão até 2030. Qualquer instituição ou empresa pode apresentar projetos para solicitar financiamento, desde que tenha CNPJ ativo (ou equivalente para empresas internacionais). As inscrições podem ser feitas pelo site https://fundojbsamazonia.org/.

JBS - Atendimento à imprensa
E-mail: 
jbs@fsb.com.br
Telefone: 
(11) 3165-9673 
Visite a sala de imprensa da JBS e fique por dentro das principais novidades: https://mediaroom.jbs.com.br/

Sobre a Aviagen

Desde 1923, a Aviagen tem sido a empresa global preferida em genética avícola, com a missão de ajudar seus clientes – produtores mundiais de carne de frango – a fornecer uma proteína saudável e sustentável para suas comunidades em constante crescimento. Aplicando seus valores corporativos de “Breeding Sustainability”, a Aviagen implementa ferramentas que promovem a produção comercial de frangos com foco no meio ambiente e na responsabilidade social, além do benefício econômico dos produtores, ao mesmo tempo em que promove o rendimento, a saúde e o bem-estar das aves.

Para satisfazer as diversas demandas de mercado, a Aviagen oferece um completo portfólio de reprodutoras sob as marcas Arbor Acres®, Indian River® e Ross®. O Rowan Range® e o Specialty Males® têm como objetivo o crescimento mais lento e são indicados para nichos específicos de mercado. A sede da Aviagen fica em Huntsville, no estado americano do Alabama, e detém operações no Reino Unido, Europa, Turquia, América Latina, Índia, Austrália, Nova Zelândia, África e Estados Unidos, além de joint ventures na Ásia. A empresa tem aproximadamente 8.000 colaboradores e atende a clientes em 100 países.

Para mais informações, visite Aviagen.com ou siga a Aviagen no LinkedIn

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem