Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display





404

Página não encontrada

Início

  O slogan que anuncia a candidatura de Paulo Roque a deputado federal e que viralizou na Capital do Rock

Fotos: Vanessa Santos.

Vai dar Roque! Partiu, 3000! Esses dois slogans, nascidos na campanha eleitoral e divulgados durante o programa eleitoral gratuito do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) caíram no gosto do brasiliense.  Em todos os lugares do Distrito Federal, redes sociais, Youtube, nas ruas e na boca do povo não se fala em outra coisa: Vai dar Roque e partiu 3000!.

O Roque em questão é o sobrenome do advogado, professor e jornalista Paulo Roque. Ele ficou conhecido pela coluna de defesa do consumidor na rádio CBN e, mais recentemente, como radialista da JKFM em um programa em que ensinava o cidadão comum a como defender seus direitos.

O “Vai dar Roque” foi uma maneira divertida de Paulo Roque de popularizar seu nome junto a todos que querem mudança da capital do Rock. Ele é candidato a deputado federal pelo partido Novo e espera que seu sobrenome o ajude a alcançar corações, mentes e ouvidos não só daqueles que gostam de roque, mas de todo tipo de música.

Em seu Instagram, um fã de samba conclamou aos que gostam de sertanejo, pisadinha, funk e pagode, que no dia 02 de outubro escolham o Roque. Daí o “Vai dar Roque”. Mas como misturar uma profecia musical (Vai dar Roque) com a futurista expressão #partiu3000?  Aqui, não se trata de uma odisséia ao próximo milênio, mas de uma viagem muito próxima: 3000 agora  é o número dele como deputado federal.

Há quatro anos, quando recebeu 202.834 mil votos para o Senado, a equipe do Paulo Roque chegou a brincar com o filme 300, usando uma cena para retratar a eleição de dois candidatos para o Senado. Esse ano o número cresceu 10 vezes -- já que agora, ele é candidato a deputado federal -- circula na Internet um vídeo, lembrando à população que o esforço agora é 10 vezes maior. Agora é 3000.

Tudo isso seria só marketing, se Paulo Roque não fosse o profissional que é. Bem sucedido financeiramente, Paulo Roque se apresenta como um dos mais preparados candidatos para o papel de legislar e fiscalizar.

Paulo Roque é, hoje, um dos melhores advogados do país, assim certificado pela publicação Análise Advocacia 500 (os mais admirados).  Ele que nunca ocupou um cargo público, é um advogado estudioso, de reconhecida capacidade técnica e escreveu nove livros (três deles de autoria exclusiva), todos na área que domina como ninguém: o Direito.  Sua última obra, publicada recentemente, traz a tese de seu doutorado: o direito do consumidor na sociedade de informação. 

Além de seu talento para a autoria de livros, Paulo Roque também possui expertise em gestão. Há mais de 22 anos, ele administra um dos maiores e mais respeitados escritórios de advocacia do DF, o Roque Khouri e Pinheiro Advogados Associados.  Detentor de uma oratória invejável, de fazer tremer seus adversários na tribuna, ele conquistou um respeitável patrimônio, todo ele declarado, o que é incomum na política. Uma grande conquista para o mineiro que, há 34 anos, desembarcou na Rodoferroviária do Plano Piloto para tentar a vida na Capital ganhando um salário mínimo e meio por mês.

Nos meados dos anos 80, quando deixou Cajuri, pequena cidade da zona da mata de Minas Gerais, Paulo Roque ainda não era advogado, mas já iniciava no jornalismo. Cobrir a constituinte e as comissões parlamentares de inquérito, como a do caso Paulo César Farias, foram suas primeiras realizações profissionais. "Lute pelos seus sonhos e ponha Deus no seu coração. Tenha fé e não desista", essas foram as palavras que ouviu de sua mãe, Dona Laila, quando decidiu morar em Brasília, depois de concluir o curso de jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora. 

Propostas:

DEFESA DO CIDADÃO
Defendo o cidadão, seu direito à autodeterminação, tendo a democracia como conquista inegociável da nossa sociedade. O Estado não existe para ele mesmo, mas para a proteção dos legítimos interesses do cidadão.

MANDATO SEM OSTENTAÇÃO
Defendo que o exercício do mandato deva ser exercido de forma simples e sem privilégios parlamentares como auxílio moradia, plano de saúde e gabinetes com dezenas de assessores, custos que são pagos por nós, cidadãos.

EDUCAÇÃO
A transformação de um país passa pela educação. O cumprimento de todas as metas do Plano Nacional de Educação, incluindo o ensino integral e a educação da primeira infância, é fundamental para o Brasil avançar. 

SEGURANÇA
Segurança é fundamental para o cidadão que trabalha e empreende. Quero fortalecer e valorizar as instituições de segurança no Brasil. Vou defender a regulamentação da instalação de bloqueadores de celulares em presídios, que são fundamentais para impedir o crime organizado, gerando mais proteção à população. 

SAÚDE EFICIENTE
A defesa de serviços públicos eficientes, sobretudo na saúde, segurança e educação estará presente em todo meu mandato, pois a falta de entrega nessas áreas torna ainda maior a dívida do Estado com o cidadão. A busca da eficiência no serviço público só pode ser feita com gestão e o envolvimento de servidores concursados, que devem ser valorizados.

DEFESA DAS MULHERES
Firmo meu compromisso com a proteção das mulheres contra todo tipo de abuso e violência. Vou lutar pela dignidade feminina no mercado de trabalho e no empreendedorismo.

COMBATE À CORRUPÇÃO, FORO PRIVILEGIADO E PRISÃO EM 2a INSTÂNCIA
O fim do foro privilegiado e a prisão em segunda instância são fundamentais para o combate à corrupção. Políticos devem ser julgados como qualquer cidadão comum. Defendo uma justiça igual para todos.

REFORMA TRIBUTÁRIA E GERAÇÃO DE RIQUEZA
Defendo uma reforma tributária que retire a tributação sobre o faturamento e deixe de tributar excessivamente o consumidor.  O mercado é um grande gerador de riquezas

CONCORRÊNCIA E CONSUMIDOR
A defesa de um mercado com ampla concorrência é fundamental para os consumidores. O mercado brasileiro é ainda muito dominado por oligopólios públicos e privados em vários setores. Sem concorrência, o consumidor brasileiro acaba pagando muito mais caro por produtos e serviços. 

MEIO AMBIENTE
Todas as políticas devem levar em conta o meio ambiente, a sua preservação e  a sustentabilidade para as futuras gerações.

Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA