Cinco dicas para estudar física na reta final do Enem 2022

Créditos: Divulgação

A poucos dias da realização da segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022, saber quais conteúdos estudar é fundamental para garantir bons resultados. Em Física, alguns assuntos mais recorrentes merecem uma atenção especial nesta reta final. Estudando com dedicação esses assuntos, os estudantes podem garantir alguns pontos a mais na prova.

Para o assessor de Física do Sistema Positivo de Ensino, Danilo Capelari, há alguns temas que, de tão relevantes, extrapolam a prova de Física e são cobrados também em outros componentes curriculares. “O que é fundamental é que o candidato se debruce sobre conteúdos em que costuma ter mais dificuldade. Treinar esses temas pode ser uma estratégia inteligente para melhorar a nota nessa disciplina”, explica.

Conteúdos extraclasse

O livro didático deve ser a principal fonte de informações seguras para estes últimos dias de preparação. No entanto, além dele, também é possível encontrar bons conteúdos em outros lugares. “Os estudantes não precisam estar atentos ao que está acontecendo nos noticiários. Ao longo dos últimos anos, vimos muitas vezes questões sobre mudanças climáticas e sobre queimadas, por exemplo. Fique atento a esse tipo de assunto e tente estabelecer relações entre eles e a Física”, orienta o especialista. Além disso, séries e filmes que falam sobre Ciência também são boas ferramentas para se preparar melhor, sempre estabelecendo paralelos entre eles e os conteúdos da disciplina.

“Resolver exercícios cobrados em anos anteriores ou que o candidato não conseguiu resolver em alguma situação passada também ajuda muito a chegar ao dia da prova mais afiado. Faça muitos simulados e use um cronômetro para resolver a prova no tempo determinado”, aconselha. Esse olhar sobre provas anteriores é importante porque ajuda a entender de que forma os conteúdos costumam aparecer no Enem.

Saiba usar a teoria de resposta ao item (TRI)

Por fim, uma das dicas mais valiosas pode ser usada em todas as áreas do conhecimento. O Enem é corrigido de acordo com a teoria de resposta ao item (TRI), o que quer dizer que o que conta não é apenas a quantidade de respostas corretas, mas também o nível de dificuldade das perguntas. Elas são divididas entre fáceis, médias e difíceis, o que significa que é vantajoso acertar todas aquelas consideradas fáceis. “Tente usar a TRI, que já prevê que o candidato vai acertar as perguntas fáceis e errar as difíceis. Garanta que você está acertando o maior número possível de questões fáceis, porque errar essas pode prejudicar muito a sua nota”, finaliza Capelari.

________________________

Sobre o Sistema Positivo de Ensino

É o maior sistema voltado ao ensino particular no Brasil. Com um projeto sempre atual e inovador, ele oferece às escolas particulares diversos recursos que abrangem alunos, professores, gestores e também a família do aluno com conteúdo diferenciado. Para os estudantes, são ofertadas atividades integradas entre o livro didático e plataformas educacionais que o auxiliam na aprendizagem. Os professores recebem propostas de trabalho pedagógico focadas em diversos componentes, enquanto os gestores recebem recursos de apoio para a administração escolar, incluindo cursos e ferramentas que abordam temas voltados às áreas de pedagogia, marketing, finanças e questões jurídicas. A família participa do processo de aprendizagem do aluno recebendo conteúdo específico, que contempla revistas e webconferências voltadas à educação.

 


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem