Hospital Estadual de Formosa realiza treinamento sobre comunicação efetiva

 Iniciativa ajuda a melhorar os procedimentos de atendimento e cuidado do paciente da unidade de saúde estadual no município do Entorno do Distrito Federal

Um dos principais desafios para garantir a segurança do paciente no ambiente hospitalar é enfatizar a comunicação efetiva com a equipe interdisciplinar. Por isso, o Hospital Estadual de Formosa (HEF) realizou, na semana passada, um treinamento para auxiliar os profissionais nos processos comunicacionais no ambiente de trabalho.

O objetivo da qualificação é ampliar a qualidade do trabalho em equipe na assistência ao paciente e garantir a segurança da prestação de cuidados. O treinamento foi conduzido pela equipe de gestão de recursos humanos do HEF, com a participação dos coordenadores de enfermagem, enfermeiros, técnicos, equipe multidisciplinar e o administrativo.

Os protocolos abordados no treinamento que padronizam a comunicação efetiva têm como objetivo desenvolver uma comunicação clara, precisa e completa. Os meios de facilitar esse processo são: olhar nos olhos, ser direto, não omitir informação, dominar o assunto, passar autoconfiança, usar a linguagem correta e saber ouvir.

A comunicação ocorre assim que esse processo estiver completo, por meio da compreensão de quem a recebe. Por isso é tão importante o alinhamento de equipes, com estrutura e padronização que evite perda de informações, principalmente quando elas interferem diretamente nos cuidados com o paciente.

"Para que a comunicação seja eficaz, devemos nos esforçar para que a mensagem chegue ao receptor com a menor distorção possível, a fim de que ele entenda exatamente o que queremos dizer", ressalta Helen Dutra, assistente de recursos humanos do HEF.

Essa iniciativa tem o intuito de proporcionar uma comunicação segura na passagem de plantão, na continuidade do uso das medicações necessárias e procedimentos cirúrgicos. Juntas, essas medidas garantem um atendimento hospitalar mais humanizado para população.

Stephane Silva (texto e foto)/Imed



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem