Pesquisa CNDL/SPC sobre intenção de compras do Natal aponta estabilidade nas vendas em 2022

   No Distrito Federal, presidente da Câmaras de Dirigentes Lojistas, Wagner da Silveira Júnior, está otimista apesar do cenário de incerteza do mercado

 


Foi divulgada nesta terça-feira, 08, a pesquisa da CNDL sobre as intenções de compras para o Natal de 2022. De acordo com o levantamento, cerca de 118,7 mil pessoas deverão comprar presentes este ano. O cenário, comparado ao mesmo período de 2021, demonstra estabilidade

O presidente da CDL-DF, Wagner da Silveira Jr, é otimista e entende que "os brasileiros não deixarão de presentear no Natal, é uma tradição. Estamos passando por um momento ainda incerto, em que o mercado sentiu uma tendência de diminuição nas vendas do terceiro trimestre, mas o volume de vendas segue maior do que em comparação ao ano passado. Em 2022, a perspectiva é ainda melhor, pois teremos o Natal e a Copa do Mundo, que trazem bastante otimismo para o setor varejista. Além das promoções da Black Friday, no dia 25 de novembro e da injeção do 13º salário durante o período”.

“O cenário de transição de governo acaba sendo um fator de alerta para os lojistas e empresários. Por conta da indefinição de como se dará a nova gestão presidencial, os investimentos na economia brasileira devem ser postergados neste fim de ano. As altas taxas de juros, de 13,75%, também influenciam o cenário", finaliza.

A pesquisa da CNDL/SPC ouviu consumidores das 27 capitais brasileiras, homens e mulheres, com idade igual ou maior a 18 anos, de todas as classes econômicas (excluindo analfabetos) e que pretendem comprar presentes para o Natal. De acordo com o levantamento, o Natal deste ano deve injetar R$ 66,6 bilhões na economia. 

🔗 Acesse aqui o estudo completo: https://bit.ly/3EboUXL

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem