Psicologia do esporte: atletas precisam aprender a lidar com frustrações para seguir em frente

Créditos: Envato

Todo mundo passa, todos os dias, por frustrações de todos os tipos e intensidades. A vida, assim como a prática esportiva, é uma tarefa que provoca uma série de desconfortos, mas é possível melhorar o desempenho se os problemas forem encarados de frente. Por isso a frustração de um atleta é sempre legítima. Mas um desdobramento do fracasso é a dificuldade individual e até mesmo social de lidar com uma expectativa não realizada, o que pode causar vergonha, sentimento de incapacidade e falta de reconhecimento pelo esforço despendido.

Sofrer uma derrota na prática esportiva pode gerar efeitos psicológicos aos atletas e trazer emoções negativas, como pessimismo, falta de ânimo, indecisão, fadiga mental e falta de confiança. Segundo a doutora em atividade física e saúde e professora de Psicologia do Esporte na Universidade Positivo, Paula Born, é importante que o atleta saiba ressignificar toda a situação criada pela derrota. “A primeira coisa a fazer é olhar para a perda de forma positiva, perceber os erros, fazer uma autoavaliação, pensar nas emoções negativas que vieram com a derrota e mantê-las estáveis", aconselha.

Hoje em dia, principalmente depois da pandemia, os sintomas depressivos e de ansiedade estão em alta. "Não é diferente para os atletas. Sintomas como esses pedem acompanhamento profissional com um psicólogo do esporte. Outra alternativa é conversar com o treinador ou preparador físico, que são as pessoas que convivem no dia a dia com o atleta. Esses profissionais poderão oferecer um tratamento especial”, afirma a professora.

Os atletas bem-sucedidos são aqueles que sabem lidar com as emoções negativas e transformá-las em energia para treinar e melhorar o desempenho na próxima competição. Segundo o coordenador acadêmico da academia UPX Sports e coordenador do curso de Educação Física da Universidade Positivo, Zair Cândido de Oliveira Netto, “a frustração e a decepção são compreensíveis – ainda que o esporte ajude a desenvolver a resiliência, a persistir diante do revés e a superar obstáculos”.

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo é referência em Ensino Superior entre as IES do Estado do Paraná e é uma marca de reconhecimento nacional. Com salas de aula modernas, laboratórios com tecnologia de ponta e mais de 400 mil metros quadrados de área verde no campus sede, a Universidade Positivo é reconhecida pela experiência educacional de mais de três décadas. A Instituição conta com três unidades em Curitiba (PR), uma em Londrina (PR), uma em Ponta Grossa (PR) e mais de 70 polos de EAD no Brasil. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de graduação, centenas de programas de especialização e MBA, cinco programas de mestrado e doutorado, além de cursos de educação continuada, programas de extensão e parcerias internacionais para intercâmbios, cursos e visitas. Além disso, tem sete clínicas de atendimento gratuito à comunidade, que totalizam cerca de 3.500 metros quadrados. Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric. Desde março de 2020 integra o Grupo Cruzeiro do Sul Educacional. Mais informações em up.edu.br/

Sobre a UPX Sports

A UPX Sports é o maior e mais completo centro esportivo do Paraná. Instalada no campus da Universidade Positivo, em Curitiba, é composta por academia, ginásio olímpico, quadras cobertas e ao ar livre, piscinas adulto e infantil, pista de atletismo, pista de caminhada ao redor do lago  e campo de futebol oficial e society (@upxsports).






 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem