RúmiCash projeta suporte financeiro para 11 mil produtores de leite em 2023

A Rumicash, Fintech, que faz parte do ecossistema de soluções digitais Rúmina, dispõe de portfólios voltados para serviços financeiros, projeta a negociação de crédito de até R$ 200 milhões em 2023


A RúmiCash, fintech que atua no setor leiteiro e que oferece linhas de crédito e antecipações de pagamentos a produtores, prevê a negociação de crédito de até R$ 200 milhões em 2023. No mercado há pouco mais de um ano, atualmente sua base de atuação é de 5 mil produtores e a empresa prevê o crescimento para cerca de 11 mil no próximo ano. A RúmiCash compõe a Rúmina, ecossistema de soluções digitais do qual fazem parte as marcas Ideagri e a Bovitech, que têm como trunfos sistemas digitais de gestão de gados leiteiro e de corte e a OnFarm, de saúde animal.

A CEO da RumiCash, Gabriela Borlido, detalha que muitos laticínios costumam financiar seus produtores. “Estamos assumindo essa função, de forma prática, sem grandes dificuldades, através do próprio WhatsApp. Percebemos que há muita dificuldade de acesso a crédito pelos modelos tradicionais”, afirma. “Com este tipo de crédito o produtor consegue se planejar, atender o fluxo financeiro com parcelas fixas todo o mês, melhorando seu capital de giro e mantendo seu foco no core business”, aponta.

A RumiCash atua em sua maioria, cerca de 90%, com microcrédito. “Com dados diretos de laticínios, temos um profundo alinhamento, inclusive com as questões de governança ambiental, social e corporativa (Environmental, Social e Governance – ESG). O nosso ‘motor’ de crédito analisa características operacionais, indicadores de qualidade de leite e estimula a melhoria do produto final, com foco também em bem-estar animal. É uma análise que nenhum banco faz, extremamente focada no negócio da pecuária de leite”, explica.

Os laticínios parceiros atualmente da RumiCash são Catupiry, Vigor, Scala, Verde Campo, PJ, Quatá, Laclelo e Cruzília e Agnus. O crédito, segundo explica Gabriela, é concedido com base em um modelo de análise específico para o setor leiteiro. “Esta é uma iniciativa pioneira e que tem como objetivo fortalecer toda a cadeia produtiva do leite”, explica. Ela conta que o índice de satisfação é elevado. “Mais de 60% dos tomadores de crédito realizaram mais de uma operação conosco”, relata.

Sobre a Rúmina 

A Rúmina é o maior ecossistema de soluções digitais para a pecuária do Brasil. Engloba as empresas Ideagri, que é a empresa líder em sistema de suporte à tomada de decisão para pecuária de leite; OnFarm, solução digital que ajuda na saúde do úbere e da bezerra; Bovitech, solução de tomada de decisão para pecuária de corte e RÚMICash, fintech voltada à cadeia do leite.

Na Rúmina, o produtor está sempre em primeiro lugar. Determinados em contribuir com o aumento da produtividade e sustentabilidade, a empresa quer democratizar e simplificar a adoção de tecnologias pelos produtores – seja biotecnologia, sensores, softwares, soluções financeiras e inteligência artificial – oferecendo a melhor experiência para os produtores e empoderando técnicos veterinários, consultores e toda a cadeia de valor da pecuária.

Mais informações: www.rumina.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Canaã Telecom