Maria Yvelônia é um nome forte para a prefeitura de Valparaíso de Goiás

A assistente social e servidora pública Maria Yvelônia é um forte nome para concorrer à prefeitura de Valparaíso de Goiás, pelo partido Republicanos. Com vasta experiência em gestão pública, a republicana esteve à frente da Secretaria Nacional de Assistência Social do Governo Federal, nos dois últimos anos, na gestão de projetos nacionais sociais importantes.

Yvelônia também atuou na Secretaria de Assistência Social de Valparaíso, onde foi a responsável pelas medidas socioeducativas, em meio aberto, liberdade assistida e prestação de serviço à comunidade, onde implementou o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) que antes era o Programa Sentinela que atendia apenas crianças vítimas de abusos sexuais. Presidiu o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Valparaíso e também coordenou instituição de longa permanência para idosos.

“Tenho um respeito enorme por Valparaíso, é a cidade que me acolheu, onde tenho família, amigos. Hoje, muitos empresários, advogados e inúmeros profissionais foram meus alunos, seja como assistente social ou seja no Colégio Barbosa, instituição que idealizei e que mantive por vários anos no Céu Azul. Tenho muito orgulho da minha história em Valparaíso”, disse a republicana. 

Natural de Picos, no Piauí, Maria é assistente social, formada pela Universidade de Brasília (UNB) e veio para o Valparaíso de Goiás há mais de 23 anos, com os pais e o irmão. Até sua formação, houve muitos percalços pelo caminho, mas ela não desistiu. Sua história de sucesso se inicia com muita dedicação e força de vontade.

Servidora de carreira da Secretaria de Justiça do Distrito Federal, Maria já atuou como gerente na Internação Provisória e Restrita da Coordenação de Articulação do Sistema Socioeducativo.  Atualmente, coordena o curso de Serviço Social da Faculdade Projeção.

Ela conta que, em Valparaíso, com o CREAS, o atendimento passou a ser a todas as pessoas com violação de direitos. Em sua gestão, ela pôde implementar a casa Lar para Idosos, onde participou de todos os processos, desde a licitação até a limpeza do espaço para recebê-los. 

Maria participou do último pleito para o executivo e teve uma votação expressiva, isso mostra a força da mulher na cidade. “Sou mulher, esposa, mãe, gestora, temos desafios, mas a palavra que não possui no meu vocabulário é medo. Mas tem garra, determinação, superação e é esse exemplo que eu quero passar para outras mulheres”, concluiu Yvelônia.

Texto: Ascom Maria Yvelônia 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Canaã Telecom