Saúde dá dicas para impedir propagação do Aedes aegypti em cemitérios

Flores devem ser colocadas nos túmulos sem vasos ou qualquer recipiente que acumule água, para evitar a propagação do mosquito (Foto: Freepik)
Flores devem ser colocadas nos túmulos sem vasos ou qualquer recipiente que acumule água, para evitar a propagação do mosquito (Imagem de Freepik)

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) orienta a população sobre os cuidados necessários para impedir a propagação do mosquito Aedes aegypti, durante o Dia de Finados, celebrado nesta quinta-feira (02/11). Durante a data, os cemitérios tornam-se potenciais locais para a reprodução do vetor.

Embalagens plásticas, vasos, flores, suportes para velas, copos plásticos e até mesmo os jazigos podem se tornar criadouros para as larvas do mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

"É crucial evitar qualquer recipiente que possa acumular água. Em relação às flores, é altamente recomendado priorizar as naturais para minimizar os riscos de proliferação do mosquito", ressalta o coordenador de Dengue, Zika e Chikungunya da SES-GO, Murilo do Carmo.

Em 2023, Goiás registra 58.397 casos confirmados de dengue e 23 óbitos pela doença. Também já foram confirmados 1.997 casos e 7 óbitos por Chikungunya, além de 23 registros de Zika.

"Os números reforçam a importância da prevenção e de cuidados redobrados por parte da população, não apenas no Dia de Finados, mas durante os próximos meses, tendo em vista que o período chuvoso em Goiás ocorre de novembro a abril", reforça Murilo do Carmos.

Principais cuidados
  • Evite utilizar suporte para velas.
  • Não deixar objetos que possam estocar água sobre os túmulos.
  • Descartar corretamente o lixo.
  • Use vasos furados e sem pratos.
  • Não deixar embalagens expostas.
  • Retirar as embalagens dos vasos de flores.
  • Não colocar flores em vasos com água.
  • Dar preferência a flores plantadas em vasos com terra ou areia.
  • Evitar plantas que podem reter água entre as folhas, como as bromélias.
Com informações de Hosana Alves - Agência Cora Coralina

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos
Canaã Telecom